Participar & Escrever

    • 2018-07-26 04:14:0726 Julho 2018 editado
    • #1

    Boa noite.
    É minha primeira vez nesse site, o motivo de eu vir aqui é a preocupação que tenho com um amigo.
    Recentemente ele foi diagnosticado com sindrome do panico por uma psicóloga. Ele começou a apresentar alguns sinais de tristeza quando fizemos o EJC que aconteceu nos dias 29,30/06 e 01/07(Encontro de Jovens com Cristo), esse encontro nos deixa muito próximos de Deus e nos faz entender muitas coisas, ele retrata muito a questão da família e como nós jovens temos que valoriza- lá. Ficamos 3 dias longe de casa, dormindo na casa de uma pessoa conhecida e escolhida pela igreja, junto com um colega que também está fazendo o encontro. A saudade da família é muito grande mesmo sendo apenas 3 dias, e antes de começarmos o encontro ele havia dito que o pai dele (no qual ele é muito apegado, porqie são apenas os dois de homens em casa.) ia viajar e só voltaria em 3 meses. Quando o encontro termina temos um momento muito bonito em que abraçamos a familia, e ele ficou muito triste porque não tinha como ele abraçar seu pai, mas foi algo normal para alguém longe do pai, nada de muito agravante.
    Ontem (24/07), recebi a notícia de que ele estava internado no hospital, e achei que era alguma virose ou coisa do tipo, mas minha prima (melhor amiga dele) disse que ele sofreu algum problema psicológico e que não estava dizendo nada com nada, contou também que alguns dias antes de ele ser internado ele ligou para ela na madrugada e disse que alguém estava roubando a oficina do pai dele( uma de suas alucinações), minha prima muito preocupado disse para ele ir para o quarto da mãe dele mas, ele disse que se ele se levantasse e fecha- se a janela o homem iria matar ele. Quando foi internado ele se sentava do lado de pessoas desconhecidas e, sem motivo algum pedia desculpas e falava coisas sem sentido.
    Hoje(25/07) ele recebeu alta do hospital e está em sua casa, vistei ele com minha mãe, minha irmã e minha prima, ele não esta nada bem fica sentado olhando para o chão em uma depressão muito profunda, tentamos conversar com ele mas ele quase nunca nos responde, e quando responde diz apenas que quer o pai dele por perto. Em uma de nossa conversas sobre os brinquedos do parque e tal, ele do nada sem nem termos perguntado diz “Essa é a próxima pista?”, paramos de conversane ficamos paradas olhando pra ele.
    Depois de um tempo na casa dele, conseguimos que ele fosse no açaí e tomasse um pouco de açaí, tudo que alguém conversa ele acha que está sendo direcionado a ele ou que estão zombando dele.

    Em fim, o que quero saber é se tem algo que eu possa fazer, ou se em algum tempo ele vai voltar a ser como era antes, ou se alguém tem alguma explicação pra isso que está acontecendo com ele e a causa, eu tentei resumir e talvez tenha faltado alguns detalhes e acontecimentos, mas é uma história muito longa. Alguém pode me ajudar?


    • 2018-08-22 22:28:5622 Agosto 2018
    • #2

    Eu não sou a melhor pessoa para responder a isso, mas eu acho que ele pode ter esquizofrenia ou algo parecido com isso tipo psicoses já que ele mostra ter alucinações e o comportamento dele mudou também segundo o que vocè escreveu...