Participar & Escrever

Ver mais sobre

    • 2017-12-28 16:01:5628 Dezembro 2017 editado
    • #1

    Boa tarde. Sou o Alka, tenho 42 anos e sou assolado pela solidão neste momento da minha vida. Sinto que sou uma pessoa diferente dos outros. Sempre tive amigos mas sempre fui uma espécie de "patinho feio" do grupo. Aquele que sofria sempre de todas as palermices e brincadeiras dos outros. Um exemplo concreto um amigo ajoelhar se na minhas costas e outro a minha frente empurrar me para eu cair. Sinto que desde a minha infância sempre fui um pouco guzado pelos outros. Até pode parecer exagero mas a realidade é que não me consigo enquadrar na sociedade. Deixei de estudar cedo por sofrer desta situação quase todos os dias na escola. Comecei então a trabalhar. Acontecia o mesmo. Até que me virei para as drogas leves, o que me deixava mais distraído do dia a dia e dos acontecimentos. Como é percetível às drogas era só uma maneira de fugir aos problemas e não a solução, se é que há alguma. Começo a pensar que não. Sempre fui uma pessoa que não se importava de estar sozinho, meu lema é antes sozinho do que mal acompanhado. Sinto muitas vezes que não pertenço no local onde estou. Troquei de trabalho muitas vezes por causa disso. Neste momento estou empregado felizmente a gerir um negócio de família mas outra vez diferente dos outros. Vivo diariamente com meus colegas mas sou aquele que "fica a um canto" o dia todo. Todos conversam das suas vidas e até da minha vida. Sim a parte menos boa que vos falei a pouco ( drogas). Porque ficaram a saber através de um vizinho e cliente. Meus pais e todo o mundo já me tratam como se eu fosse diferente mesmo. Sinto me sozinho neste mundo. A parte das drogas já lá vai pois cheguei a um ponto da minha vida que tinha de acabar mesmo pois isso empurrava me ainda mais para baixo nos últimos tempos. Neste momento tenho muita coisa que outros não têm então nos tempos em que vivemos. Tenho trabalho, sou independe, tenho carro. Mas sinto que não chega. Falta sentir que sou respeitado, falta uma pessoa ao meu lado que me faça sentir amado pois sou divorciado á mais de 5 anos. Estou farto de passear sozinho, ir à sessao da 00:00 ao cinema sozinho, de fazer planos para a vida sozinho e com isto tudo ja nem consigo ter uma conversa saudável seja com quem for. A cima de tudo quero ter uma boa razão para acordar o dia seguinte em vez de ter outros pensamentos como que não devia ter nascido. Na minha vida já vi tanta gente boa a morrer nova que me interrogo porque é que não aconteceu a mim


    • 2017-12-28 16:51:5028 Dezembro 2017
    • #2

    Apenas acrescentar que nem sou má pessoa, de todo. Até me considero uma pessoa que gosta de rir e apreciar os bons momentos da vida embora ultimamente sejam raros e tenha mais tendencia em me isolar em 4 paredes