Participar & Escrever

  1. Boa tarde a todas,

    Descobri que estava gravida na semana passada. Fiquei em choque, no inicio não tive grande reação, pensei que "talvez" fosse normal, porque nunca me imaginei ser mãe. Talvez um dia, mas já tenho 36 anos. O meu companheiro de muitos anos ficou super feliz, mas eu não consegui partilhar a mesma felicidade. Não lhe consigo dizer que não quero ter este bebé, que não durmo, que só choro de horror. Dou por mim a desejar ter um aborto espontâneo para não ter de decidir, mas dentro de mim encontro paz quando penso em não tê-lo. Mas não o vou conseguir enfrentar. Tenho consulta marcada esta semana na MAC. Alguém sabe como é esta consulta de IVG?
    Alguém já passou pelo mesmo que eu?
    Estou completamente desesperada. Dizem que quando estamos preparadas para sermos mães temos esses desejo, eu não tenho. Tenho um horror de barriga de gravida, de engordar, de ter de passar o verão "grande", de não puder fazer o que quero, de não voltar a ser feliz, porque eu era até à passada semana. Eu acordava a sorrir, e agora passo as noites a chorar. Acho que vou sacrificar a minha relação de 10 anos, mas quando penso em avançar com a gravidez vejo um futuro infeliz, de não me conseguir olhar no espelho, de me odiar, de odiar aquele ser que não tem culpa. Será que devo avançar com a IVG e depois aguardar se o tal instinto vem até mim?
    Tenho medo de me arrepender, de andar a bater mal da cabeça, mas agora ando muito mal. Desde a semana passada emagreci 3 kilos, aguento as lagrimas o dia todo. Estou desesperada, sinto-me sozinha.


    • 2017-10-15 15:50:1415 Outubro 2017
    • #2

    Olá, boa tarde,

    tenho uma situação semelhante.. tenho 38 anos, tenho uma relação estaável há um ano. Mas como não quero ter este filho, não lhe contei aínda. a minha consulta prévia é depois de amanhã. mas não sei se lhe hei de contar ou não. porque a minha decisão está tomada: não serei mãe.

    Como lidou com a situaçao de não querer ser mãe?
    obrigada