Participar & Escrever

Ver mais sobre

  1. Agora estão a aparecer coágulos ,apareceu bastante sangue,fico apavorada que não fique tufo limpo,no meu caso estava gravida de gémeos mas quando fiz a eco já não havia Atividade cardíaca nos fetos,a solução foi esta...
    Mas é muito chata ,dá umas dores que incapacitam...
    Ao menos que este sofrimentos valha a pena ...
    Obrigada


    • 2013-02-20 23:09:3320 Fevereiro 2013
    • #352

    Olá a todas.
    Resolvi contar o meu testemunho, visto que pode ser útil para muitas de vós.
    Bem, há cerca de umas semanas descobri que estava grávida. Pensei que estivesse apenas de 7/8 semanas, mas quando marquei a consulta de ivg e fiz a ecografia , descobri que estava de 10 semanas: tarde demais!
    EU só pensava que a minha vida tinha desmoronado, não conseguia comer nada, os nervos apoderaram-se de mim. Ainda sou jovem , estou a tirar a minha licenciatura , e apesar de ter o meu namorado ao meu lado, sabia que as coisas iam ser muito complicadas.
    Então procurei na neto máximo de alternativas possíveis e descobri que em Espanha fazem-se abortos legais até as 14 semanas.
    Não hesitei, liguei e marquei consulta numa clinica em Badajoz.
    Marcaram-me para uma semana depois. Chegado ao dia, estava super nervosa, sou do norte do país e fiz uma viagem longa até ao destino. Fiza minha ficha na recepção e aguardei que chamassem pelo meu número.
    Ao fim de uns 20 minutos sou chamada a uma sala para realizar a ecografia. Estava de 12 semanas. Subi umas escadas, onde entrei em várias salas , entre elas para tirar sangue e outras tantas para fornecer os meus dados.
    Após descobrirem o meu tipo sanguíneo, fui chamada para um gabinete onde realizei o pagamento e onde me foi dada a medicação necessária para o pós-operatório. Minutos depois chamaram-me para me despir e deitar-me numa maca onde me puseram a soro. Reencamionharam-me para a sala de operações onde me dosificaram a anestesia geral e adormeci. Passados uns 20min acordei, bem disposta, sem dores e com pouco sangue.
    Trataram-me super bem, foram super atenciosos e simpáticos, a operação correu bem e ando neste momento a tomar as medicações que me foram recomendadas. Ainda não senti qualquer tipo de dor e o sangramento é muito pouco.
    Sei que tomei a melhor decisão, este não era o momento exacto para cuidar de um filho. É preciso força, muita força.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: taniaa

    • 2013-02-26 17:02:5626 Fevereiro 2013
    • #353

    Boa tarde conforme disse anteriormente, pensei tar de 9 semanas, .... nao... 10 semanas e 3 dias... ninguem me ajudou perante o meu panico... fui com o meu marido ao centro de saude onde foram comigo uns doces, deram_me o contacto da clinica dos arcos em espanha, acalmaram_me... aconselharam_me.
    Cheguei a casa ainda um pouco perdida na sexta feira, e liguei, foram uma simpatia, marcaram para hoje as 10 hora. Hoje levantei_me bem cedo e la fui com o meu marido, fomos calados ate badajoz.... sem conversa, pois nunca e uma situacao facil, ao chegar deram_me um numero fiz eco. E varias consultas... paguei 480 euros anestesia geral, local seria 380 mas mais doloroso nao quix... ao principio é chocante, de 30 mulheres 2 espanholas o resto portuguesas... isto ate a uma da tarde.... hora a que sai, foram muito cuidados e atenciosos, mas nao foi facil.... custa, nao me orgulho mas nao teria capacidade ja temos 2 filhos e nao sabemos o que o futuro em portugal nos reserva...:crying: ja passou... forca a quem precisa, ficou bem caro nao gastei menos de 650 euros... mas pronto. Agora é tentar esquecer...

  2. Graças a Deus amiga,que tudo correu bem...
    Eu passei pelo mesmo mas pelo método cirúrgico,sofri muito...
    Não é nada fácil...
    Não é nada que nos orgulhemos mas pronto,é a vida...
    Eu ainda estou a recuperar foi há 1 semana
    Tudo de bom...

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: taniaa

    • 2013-02-27 00:14:2427 Fevereiro 2013
    • #355

    As melhoras um beijo mimaria.
    A todas calma em 1 lugar a vida so nao da solucao a morte....:bored:

    • 2013-03-03 02:00:35 3 Março 2013
    • #356

    Tenho 18 anos e estou em vias de ir para a universidade tirar enfermagem! Na passagem de ano o meu mundo estava desabado; estava zangada com o mundo tudo me parecia injusto, bebi para esquecer...fiz sexo sem protecção..o maior erro da minha vida! no outro dia esqueci parcialmente o que tinha acontecido e não me torturei com memorias! o mes de janeiro passou e nao me apareceu o periodo..o meu periodo e irregular mas nunca falha nenhum mes, fiquei apreensiva...mas como andava com dores que pareciam dores menstruais nao me preocupei! mas o periodo nao veio e as memorias voltaram..fui ao centro de saude e expliquei a minha situacao..porque eu tinha sintomas, os seios sensiveis e nada de periodo, a enfermeira disse para eu faer o teste de gravidez, logo de seguida fui fazer o teste, sempre com a esperança de dar negativo..mas deu positivo! fiquei em choque..nem sabia que fazer! tudo me veio a ideia, acabou a universidade, a minha familia vai morrer com a desilusão, os teus amigos, os conhecidos, sem relação seria, sem estabilidade, um pesadelo! fui falar com o rapaz, ficou como eu, concordamos que nunca poderia ir ao fim! contei as minhas amigas, e a ivg foi a solução obvia! desde que descobri ate ao dia da ivg foram dias torturantes, os sintomas eram avasaladores..os seios enormes, ir a casa de banho vezes sem conta..saber que estava gravida para mim foi o mais complicado, ate agora acho que foi um sonho! tive muito apoio, mas sou extremamente nervosa e ter de esconder do mundo foii o mais dificil, o medo e avassalador, ver o tempo a passar em camara lenta!fui a lisboa..a clinica dos arcos, na primeira vez so fizeram exames, ecografia, analises ao sangue e a consulta previa, na segunda vez estava extremamente nervosa, cheguei la e fui logo para a parte de baixo da clinica esperar! pouco depois chamaram-me, despi-me, coloquei aquelas tocas verdes nos pes e na cabeça e esperei..alguns momentos depois fui chamada, a enfermeira era extremamente simpatica, coloquei-me em posição na maca, nervosa como tudo! chegou outra enfermeira, moldava, nem sei que me deu, comecei a falar e a falar..acalma-me!colocaram-me fios no peito e deram-me a anestesia geral, adormeci, nao senti nada! acordei no recobro com a cama cheia de sangue mas com um alivio indescritivel! vesti-me meti o penso e fui ter com uma senhora para ela me dar informaçoes e explicar como tudo tinha corrido e o que iria acontecer! correu tudo bem, aconteceu dia 1 de março e hoje é dia 3, nao tenho dores, nem sangrei..apenas quando sai da clinica e nem febre! nao e normal! devias estar a ter sintomas! sera que algo correu mal?daqui a 15 dias vou fazer um exame de rotina..foi das opções mais dificeis da minha vida, nunca pensei passar por isto, mas apesar de tudo fui muito bem tratada e apoiada..todas as mulheres que tomam esta opção devem ser respeitadas e tratadas com dignidade, porque este processo em momento algum e feito de animo leve! a todas as mulheres que fizeram ou pensam fazer muita força e coragem, é uma opção que deve ser respeitada!

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: carlota

  3. Olá.
    Tiveste sorte em essas pessoas te terem ajudado muito.
    Algumas mulheres são vitimas de injustiças por fazerem essa escolha infelizmente.
    Boa sorte, e agora tem mais cuidado.
    :)

    • 2013-03-03 18:22:31 3 Março 2013
    • #358

    Olá boa tarde a todas. Antes de mais os meu parabéns pela força e coragem por partilharem a vossa experiencia. Não é fácil. Ainda mais numa sociedade como a nossa, que confesso, pensava ser mais compreensiva. Não se faz uma IGV "porque apetece". No meu caso, está marcada para esta 3a feira, na clinica dos Arcos, em Lisboa.
    Soube que estava grávida no dia 25 FEvereiro...jamais esquecerei o dia...um tormento. Acordei cedo e arranjei coragem para fazer o teste de gravidez numa farmácia...
    Abri o pequeno envelope apenas quando sai da farmácia...o meu coração quase queria fugir de dentro de mim...Positvo! Nem queria acreditar! A primeira pessoa a quem contei foi ao meu namorado...ele está longe...ficámos sem saber que fazer. à partida eu nao poderia seguir com a gravidez por mtas razões...nao tenho uma vida nada estável, o que ganho mal dá para as despesas, estou sózinha (ele esta noutro país) e a minha familia nem pode sonhar com uma coisa destas...Mãe também já não tenho há 12 anos..., problemas de saude (tenho uma operação marcada para breve)...para além de uma carrada de outras coisas :(
    Fui logo ao Centro de Saude e lá falei com uma enfremeira que foi simpatica comigo, foi ela quem me encaminhou para o Hospital. (É engraçado!:frown: Fui friamente atendida por médicos e no atendimento ao público tanto no centro de Saude como no Hospital, mas enfermeiros...nada a apontar...
    Como o teste de sangue para saber de qt tempo estava ainda demorou umas duas horas, só pude ir ao Hospital mais tarde. Apanhei autocarro e lá fui. Cheguei lá e qual não é a minha surpresa quando a senhora que me atende, muito friamente e alto e bom som, me diz que aquilo não é para ser feito ali que tinha de ir à clinica em Lisboa...ou seja, nem medicos a explicar os riscos, nem me perguntaram se queria mesmo ir p frente com a IVG...nada! NEm quiseram saber o porque caso eu tivesse de seguir mesmo com a IVG. Demorei apenas o tempo da senhora me pedir o documento identificação e dizer-me que o termo de responsabilidade demoraria 2 dias a fazer. Depois contactavam-me...
    Se já estava mal, ainda fiquei bem pior, So queria que aquele pesadelo acabasse...mas ainda ia a meio...Quarta-feira fui na minha hora de almoço buscar o termo de responsabilidade ao Hospital, assim como uma folha com a localização da Clinica. Sem qualquer conversa.Tudo muito frio :( Pensei: "eu mereço isto!".
    FAlei com o meu namorado, Pu-lo sempre a par dos acontecimentos, sempre me tem apoiado.
    Arranjei coragem e marquei a 1a consulta na clinica dos Arcos.. Quinta-feira as 11h. Ainda tinha outro problema...como pedir essa manha no trabalho? Eles nao podem saber de nada. Já basta a pressão quotidiana de saber que andam a tentar arranjar qualquer coisa para me por na rua. Mas consegui. Disse que tinha de ir a uma consulta por causa da operação... (Odeio ter de mentir, mas não tinha outra hipótese :crying: )
    Uma amiga minha ligou-me do Luxemburgo e perguntou-me como estava...lá lhe contei a medo. Chorei e pedi desculpa por não ter falado com ela antes, mas tinha medo que me odeasse. MAs foi impecável. Como sabe que estou completamente sózinha aqui fez questão de falar com a Mae dela para me acomapnhar à clinica. E assim foi. Foram Anjos que vieram do Céu para me apoiar, mesmo!
    Quinta-feira la fui. A 1a consulta. Pela 1a vez consegui falar com uma medica sobre o caso. Fez-me a Ecografia. Foi super atenciosa comigo. De inicio estava programado fazer a IVG medicamentosa, mas ela disse que dado o meu estado psicologico que o melhor seria a cirurgica. Concordou que eu nao estou em condições algumas para seguir com a gravidez. Dps fiz análises de sangue e por fim flei com um psicologo que também acha que não devo ir para a frente com a gravidez, comentou que se eu o fizesse que estaria a ser muito egoista...acalmou-me um pouco. A IVG esta marcada par terça as 16h, mas entretanto adoeci e tenho medo de nao poder fazer isto nesse dia...Estes dias tem sido muito complicados...estou desejosa de acorar deste pesadelo, que não desejo a ninguém! Muita força a todas. Desculpem este testamento.
    Beijinhos :kiss:

    • 2013-03-06 16:35:35 6 Março 2013 editado
    • #359

    Olá a todas.
    Tenho 27 anos e uma relação estável há 5. Vivemos juntos há 3 anos.
    Temos os dois emprego, eu estou efetiva mas ganho pouco, e ele ainda não está efetivo (e também ganha pouco). Por esse motivo, eu tomo a pílula, e estabelecemos que daqui a 2 ou 3 anos então teríamos um filho.
    Na semana passada, semana de intervalo entre a pílula, o período não apareceu. Devia ter vindo na quarta, e nada. No sábado falei com a minha GO, que me disse que ao fim de alguns anos pode ser normal uma amenorreia. Como não me tinha esquecido de nenhum comprimido, nem tinha tomado antibióticos, não havia problema, para retomar a pílula na segunda.
    Falei com o meu namorado, e apesar de a médica ter dito que era normal, preferimos fazer o teste. Nunca tinha acontecido e não iamos ficar descansados. Confesso que foi um choque ver o resultado positivo. Fiz o teste unicamente para descargo de consciência, nunca me esqueci de nenhum comprimido, nunca tive qualquer sintoma, nada.
    Falámos logo com os nossos pais, que nos apoiam independentemente da decisão. Mas logo vimos que não tinhamos outra hipótese senão a IVG. Não temos condições de criar um bebé em condições, não iamos poder dar-lhe o que ele precisa, e queremos um filho nosso, não queremos um filho para os nossos pais. Liguei à minha GO, e na segunda logo de manhã fui à Bissaya Barreto.
    A médica que me atendeu lá não era a minha assistente, era outra que não conhecia, claramente anti-aborto. Duvidou sempre da minha palavra, a insistir que lhe dissesse de quantas pilulas me tinha esquecido, por muito que lhe repetisse que tinha tido sempre cuidado, até tenho isto na agenda. Fez-me o ultra-som sem qualquer tipo de tacto: "sim, está aqui, olhe aqui". Estava já de 6 semanas e 3 dias, isto já tinha sucedido em janeiro, apesar de eu ter tido o período depois disso. Não sei descrever o que senti quando vi o monitor, aquele pontinho a mexer. Apaixonei-me de imediato. Nunca pensei ser possível amar um filho, quando ele ainda não passa de um embrião.
    A médica virou-se para mim de forma muito arrogante e perguntou "Então como é, isto é para seguir ou não?". Comecei logo a chorar, a dizer que não podia, e ela continuou "Mas não pode porquê?". A sala estava cheia, com médicas estagiárias e enfermeiras. Todas a assistirem ao "espetáculo"...
    A partir daí tudo tem sido muito mais difícil. Toda a gente me diz para não me sentir culpada, até a minha médica, com quem fui falar ontem. Que não estou a matar ninguém. Que realmente não tenho as melhores condições agora. Mas nada do que me possam dizer me ajuda. Eu já amo este pontinho e queria por tudo mantê-lo comigo.
    Devo dizer que sou fumadora, e sempre fumei ao longo desde mês e meio sem saber que estava grávida. Não consigo fumar agora, apesar de ter a consulta da IVG marcada para amanhã. Irónico... Inconscientemente estou a querer proteger algo que vou perder na mesma. Sinto que vão arrancar parte de mim. Tenho medo de nunca conseguir recuperar disto. Tenho medo que um dia o karma me castigue e não consiga engravidar mais tarde. Não me apetece falar com ninguém, nem comer, nem ver ninguém. O meu namorado, coitado, tem sido um apoio enorme. Sempre a tentar que eu não me sinta mal. Mas não resolve.
    Nada me faz deixar de sentir que me vão tirar esta parte de mim... O meu lado racional mantém a decisão de fazer a IVG. Eu sei que não tenho as condições para dar a um filho meu tudo o que ele merece. O melhor. Sei também que não fiz nada de mal para que isto acontecesse. Mas ainda assim... O meu lado emotivo... Esse está de rastos.

    • 2013-03-06 22:51:08 6 Março 2013 editado
    • #360

    Olá a todas.
    Tenho 18 anos e há menos de um mês fiz uma IVG. Faltou-me a menstruação um mês, os meus seios doíam-me e sentia-os um pouco maiores, ia a casa de banho milhares de vezes por dia. Não queria acreditar que tivesse gravida. Pensava que podia acontecer aos outros mas não a nós foi o que me bastou para agora ter que carregar com este peso o resto da vida. Engravidei por pura irresponsabilidade, não usavamos preservativo nem qualquer outro tipo de metodo contraceptivo.
    Decidi fazer o teste.. Positivo. O mundo desabou sobre a minha cabeça. Estava de quase 8 semanas. Decidi fazer a IVG, eu e o meu namorado fomos até um dos hospitais onde faziam IVG, que fica a uma hora da minha residência. E ai começaram as complicações. Não tinha médico de familia la por isso nao podiam fazer nada.
    Até que ao fim de tantas horas perdidas e de tantas portas fechadas nos indicaram o instituto de apoio aos jovens (IPJ), já estávamos a ficar sem esperanças e acreditavamos que seria mais uma porta fechada. Mas não, a médica que lá estava atendeu-nos super bem. E quando nos disse que ia passar tudo o que era necessario, analises e a carta que era necessaria a dizer que sim que queria mesmo fazer a IVG suspirei de alivio. Marcou logo a 1ºconsulta para a semana a seguir.
    1ºconsulta, depois de ter esperado tanto lá fui chamada e mostrei as analises à enfermeira onde ela me disse que faltavam algumas analises que faziam falta e que nao podia fazer a IVG sem as ter por causa de o meu sangue ser A negativo. Mas a enfermeira continuou com o processo com a condição de levar o resto das analises. Fez-me um questionário e esperei que me fizessem a ecografia. E eu vi, vi o que poderia ser o meu primeiro filho. E doeu!
    Saimos do hospital e la fomos nos a procura da médica que me tinha passado as analises anteriores, procuramos no IPJ e nada, a enfermeira que esteva com a médica naquele dia tentou contacta-la e nada, nem sinal dela. A enfermeira viu o nosso ar de desespeiro e disse que ia fazer o que tivesse ao alcance dela para conseguir as analises. E assim foi. 3 dias de reflexão e lá fui eu Sábado à 2ºconsulta para entregar o resto das analises, tomar os primeiros comprimidos via oral e darem-me dois comprimidos para por via vaginal e dois via oral em casa 48 horas depois.
    Fui logo para casa, pelo que li e pelo que diziam iria dar dores horriveis, seria doloroso. Mas não, não senti quase dores nenhumas. No primeiro dia sentia uma pequena dor ao fundo da barriga e uma ligeira perda de sangue, e senti um pouco de febre (efeito secundário), no dia seguinte (Domingo) ja tinha uma perda de sangue bem maior. Segunda-feira tomei a segunda dose via vaginal, ai sim.. senti mais dores e alguma perda de sangue que até não era muito, senti algo mais grosso a sair tambem. Provavelmente seria o feto. Felizmente correu tudo bem, saiu tudo.
    O feto que matei ainda não tinha cérebro, embora já tivesse batimento cardíaco. Dizem que ninguém tem o direito de tirar a vida a outro ser, mas será que temos o direito por um erro nosso trazer ao mundo uma criança em que o futuro não se sabe?
    Por vezes sinto-me um monstro por ter feito o que fiz, mas não havia outra solução. Quando vejo um bebe ou uma criança pequena sinto algo estranho, imagino-me assim, a tomar conta de um igual :bored:
    E quando eu planear ter filhos eles serão educados num lar com amor, respeito e de pessoas bem com elas próprias, para que um dia sejam homens e mulheres equilibrados e íntegros.
    Não sou má pessoa por ter feito uma IVG. Apenas sou uma mulher que escolheu ter primeiro uma vida e depois dar a vida a outro ser.
    Tive sempre o meu namorado comigo, apoiar-me e ajudar-me no que fosse preciso. A IVG foi opção dos dois. Pensamos muito e vimos que não haveria outra hipótese, não tínhamos condições financeiras para criar aquela criança..
    Mas Deus decerteza que me compreendeu e me ade perdoar.
    Desejo muita força a todas as mulheres que passarem por isto.
    Aqui fica o meu testemunho.
    Kisses

    data-ad-client="ca-pub-8057434045421582" data-ad-slot="3064784842">
    • 2013-03-22 14:07:2022 Março 2013
    • #361

    Fez ontem 2 semanas que fiz a IVG. Continuo com hemorragias, mas só perdi coágulos no primeiro dia. Continuo com muitas dores. Cheguei a ter um pico de febre na semana passada.
    Fui à consulta de controlo, onde viram que ainda tenho alguns restos abortivos, e demasiada dor ao toque. Estou a tomar antibiótico e intensifiquei os anti inflamatórios. Também me receitaram alprazolam, porque desde que fiz a IVG deixei de conseguir dormir. Também perdi o interesse por tudo, e a vontade de estar com outras pessoas. Arrependo-me todos os dias. Aconselharam-me a voltar à psicóloga, mas ainda não entrei em contacto com ela.
    Domingo vou voltar às urgências da maternidade, para novo controlo. Se isto não limpar naturalmente, vou ter de fazer uma curetagem...

    • 2013-04-02 15:27:44 2 Abril 2013
    • #362

    boa tarde
    vou fazer uma ivg tenho consulta marcada para quinta feira e já me doi tudo.
    queria saber qual o metodo melhor que me faça sofrer menos fisicamente, pois pq psicologicamente já estou a sofrer bastante.
    sou mãe e ia amar ser novamente mas de momento não me sinto com capacidade de o ser, tb economicamente não estou a viver num mar de rosas.
    só o marido a trabalhar miudos na escola... e agora mais um bebé oh não. estou com muito medo de o fazer e com muita pouca vontade até pk sinto que desta vez acertei e é um rapazito. mas não posso ia tirar tudo aquilo que ainda posso dar as minhas filhas estamos a viver num periodo em que tudo o que se possa poupar é necessário para ir vivendo o dia a dia.
    parece loucura mas estou cheia de medo de chegar lá e dizer me que não dá já passa do tempo ou que tudo corra mal.
    estou a viver umas semanas de morrer pois temto esconder d resto da familia que estou grávida só o meu marido sabe, mas tem sido um pesadelo sempre a vomitar sempre mal disposta e para piorar a situação a cabeça parece que anda perdida só em pensar no dia da consulta.
    fui ver algumas coisas a respeito da ivg e quanto mais leio mais receio tenho de o fazer.
    apesar de estar a sofrer e sabe deus como eu ando vou ter de o fazer a pensar nas minhas filhas.
    se algem me poder ajudar a esclarecer
    obrigado:not_even:

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: NCAMS

    • 2013-04-02 23:09:50 2 Abril 2013
    • #363

    hey girls!
    preciso urgentemente de um esclarecimento de dúvidas e espero que me possam ajudar :not_entertained:
    Não tenho certezas que estou grávida, uma vez que ainda não fiz o teste nem estou com nenhum atraso, ainda assim estou com algum receio uma vez que tive relações desprotegida (coito interrompido).
    Uma vez que a minha mãe trabalha no hospital da minha area de residência (e não lhe quero de todo contar), queria saber se indo ao centro de saude fazendo a consulta da ivg me podiam reencaminhar para outro hospital ou para a tão falada clinica dos arcos? Ou se indo a outro hospital realizavam a ivg?
    help please! :bored:

    • 2013-04-06 13:51:44 6 Abril 2013 editado
    • #364

    Tenho 16 anos descobri recentemente que estou grávida. Estou decidida a fazer uma IVG, mas queria uma opinião e qual o melhor método para o fazer...

  4. Alguém aqui no forum já fez um aborto mais do que uma vez? eu estou numa duvida tremenda e já não sei o que faço a tanto desespero ! Obrigada!

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: cattdsf

    • 2013-04-19 22:59:1419 Abril 2013
    • #366

    Olá a todas, desde já que vos digo que são mulheres de força porque não é fácil passar por isso.
    Em Janeiro descobri que estava grávida, esta gravidez foi fruto de uns antibióticos que andei a tomar que me cortaram o efeito da pílula. Era uma gravidez indesejada e sem possibilidades, tanto eu como o meu namorado estamos a estudar.
    Como não fazia ideia de quanto tempo poderia estar liguei para a saúde 24 onde me disseram que poderia estar de nove semanas e tinha que me despachar, indicaram-me também os hospitais mais perto de mim e o horário de funcionamento destas consultas.
    Era sábado e eu estava tão nervosa que não comi nem dormi nada durante o fim de semana todo. segunda feira dirigi-me ao hospital sem ter ido ao centro de saúde expliquei a situação e fui atendida na hora, tive um tempo de espera de cerca de 30 m.
    A médica foi super simpática, acalmou-me dizendo que só estava de sete semanas e que precisava além de tudo acalmar-me.
    Passado os três dias lá estava eu para tomar o comprimido via oral, e levei 4 para casa para fazer via vaginal no dia a seguir. tive imensas dores, o período veio-me duas horas depois a ter introduzido os outros comprimidos. Saiu tudo. mas o ben-u-ron não chegou tive mesmo que tomar clonix.
    A verdade é que já passou 3 messes, mas sempre que vejo um bebé ou uma criança fico mais abalada, fiquei sensível e por vezes culpo-me do que fiz.
    Só que não havia outra hipótese, por isso mulheres que tem que fazer isto por diversas razões, o meu maior apoio, e força !!
    beijos fiquem bem

    • 2013-04-24 14:31:2424 Abril 2013 editado
    • #367

    Olá!
    Descobri na Segunda-feira que estava grávida (tinha um atraso de uma semana), e está totalmente fora de questão ir avante com esta gravidez pois eu e pai da criança terminamos relacionamento de três anos á duas semanas.. Tomo a pilula á mais de 4 anos..mas andei com uns problemas respiratorios, e pelos vistos deram me umas injecções que cortam o efeito da pilula e nao me disseram (soube agora, porque andei a pesquisar toda a medicação que tomei!)..
    Quando vi resultado do teste fikei totalmente em panico..mas depois de muito pensar, falei com pai da criança, e em conjunto decidimos que não era de todo viavel avançar.
    Primeiro pk estudo e trabalho, vivo em casa dos meus pais, e pk economicamente n conseguiria, segundo, ele trabalha, mas recebe mt mal, vive em casa dos pais, e além do mais não tamos juntos.
    Ontem fui ao Julio Dinis, no Porto, tive consulta, e confirmaram..gravida de 4 semanas! Encaminharam-me para consulta (vou na Terça)..mas fikei cheia de duvidas na mesma! Vou á primeira consulta, ou já vou iniciar a interrupção?!Após a interrupção, quanto tempo por norma dura o sangramento?Doi? A médica que me atendeu foi terrivel!Super antipatica, aleijou-me a fazer a eco, e falava com uma arrogancia terrivel!
    Sinto-me TAO perdida...ainda para mais, só pai da criança é que sabe. Acordamos nao contar a ninguém. Sinto um Sofoco... =(

  5. Bom dia, descobri no passado Domingo que estou grávida. Vou amanhã ter consulta com a minha médica de família para dar inicio ao processo. Tenho muitas dúvidas e muitos receios. Alguém me pode contar um pouco da sua experiência.
    Beijinhos *

  6. AnitaCorreia
    não me quer dar o seu e-mail para falarmos por lá?

    • 2013-04-30 17:27:4230 Abril 2013
    • #370

    Olá a todas...
    Sou mãe de dois filhotes, um com 6 anos e outro de 11 meses.
    Descobri que estava grávida novamente... foi um choque tão grande.
    Ainda nem quero acreditar que efectivamente estou grávida, pois os únicos sintomas até agora são a vontade frequente de ia à casa de banho fazer xixi, de resto, nada sinto, mas fiz o teste e deu positivo.
    Estou no maior dilema da minha vida. Pelas minhas contas, estarei de 5 semanas.
    Adoraria ter um 3º filho e sinceramente, já tinha equacionado essa situação, mas tenho um emprego instável, a part-time, onde ganho muito pouco e que me obriga a fazer turnos, dependendo muito do meu marido para me tratar das crianças para eu poder ir trabalhar.
    Das duas gravidezes, fiquei desempregada, a 1ª vez no 2º mês da licença de maternidade, da 2ª aos 7 meses de gravidez.
    Já equacionei ter este filho, já equacionei não ter, há 1 semana que a minha cabeça não pára.
    Cada vez que penso em fazer uma IVG só me apetece chorar.
    Já me informei e dizem que tenho de recorrer 1º ao Centro de Saúde.
    Vivo num meio pequeno, toda a gente se conhece, é frequente encontrar pessoas conhecidas quando vou às consultas com os meus filhos ou vacinação...
    Não sou capaz de ter de enfrentar esta gente, sinceramente, vou morrer se tiver de o fazer.
    Também não gostaria de o fazer no Hospital onde tive as minhas filhas... mas preferia ir lá directamente se assim tiver se ser.
    Não poderei evitar o centro de saúde?
    Alguém já recorreu directamente a algum hospital da margem sul de Lisboa?
    Outra questão, ainda estou a amamentar o bebé, o método medicamentoso não seria muito aconselhável, provavelmente obrigar-me-ia a interromper a amamentação. Será que me dão escolha entre o medicamentoso e o cirúrgico?
    Tenho tanto medo de ser mal tratada, já estou a sofrer horrores por pensar que vou fazer a IVG, sei que iria ficar um caco se ainda por cima tiver de passar por juízos e preconceitos...
    Obrigada a todas pelos vossos testemunhos

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Titi

  7. Bem, questionei-me inumeras vezes se haveria ou não de escrever aqui o meu testemunho!
    nem sei por onde começar.. mas talvez por o principio como se faz!
    faziamos 1ano de namoro.. eramos (e somos claro!) muito felizes.. fizemos sempre com preservativo!
    Só que numa noite tudo mudou sem nós sabermos!!!!! ... ROOOOMMPPPEUUU!! e ambos nao ligamos porque só demos conta disso quando nos levantamos mas sem importancia!
    Meu período era desregulado ou melhor pior que isso! havia meses em q só tinha 2/4dias e nao muito mais.. e Julho seria mais um mês em q nao vinha nao me importei muito sinceramente porque é altura de verao e quanto 'menos' se sangrar melhor..!.. mas senti-me diferente! ancas largas barriga com um feitio diferente.. bem podia nao ser nada! eu e o meu namorado falámos e nunca nos importamos muito com isso!
    no dia do 1ºteste acordei com uma vontade imensa de beber leite! leite????? eu detesto leite e estava a beber leite???!!??? impossivel! nao era normal! mais outro sintoma estranho a acontecer! vesti-me pra ir para o trabalho e reparei que os meus seios estavam rijos grandes! pensei 'só espero que nao seja nada!'
    liguei-lhe e ele disse que nao poderia ser nada porque sempre usamos protecção!
    tambem nao liguei muito!.. bem segui para o trabalho! fui e pelo caminho comecei a fazer as contas e... já nao tinha o periodo à quase 1mes!: mais outro sintoma!
    liguei-lhe e disse que precisavamos de falar o mais rapido possivel! fomos a uma farmacia! fiz o teste e deu negativo! ficamos descansados.
    passa uma semana.. e começo a ficar com enjoos desejos enormes de comer fora de horas comidas q detestava.. bem uma serie de coisas sem explicação!'NAO PODE SER!'
    corri para uma farmácia e comprei bebi agua muita agua.. e o mundo ruiu! NAO QUERIA ACREDITAR NO QUE ESTAVA À MINHA FRENTE!
    liguei-lhe e ele 'ai nao sei o que fazer??? que vamos fazer???' e eu só olhava para o teste sem nenhuma palavra a dizer! desliguei-lhe e fui comprar outro teste para ter a certeza! eu só dizia 'NAO PODE SER! COMO DEU NA SEMANA PASSADA NEGATIVO E AGORA POSITIVO????'.. fi-lo e disse 'como é possivel????'
    liguei-lhe outra vez! bem nem queria acreditar se o pior era ultrapassar a resposta de um simples teste ou o sentimente q senti no momento!
    fui trabalhar e na minha cabeça so estava uma imagem 'O TESTE POSITIVO!'
    saí do trabalho.. meu namorado foi-me buscar.. falamos muito seriamente no que fazer!.. e chegamos à conclusao que uma interrupção de gravidez seria o melhor porque nao haveriam condições! liguei para todos os lados para me informar.. estava a ficar maluca!!!!!
    dia seguinte fui trabalhar.. confusoes logo para começar! eu precisava de horas pra ir resolver os problemas.. mas sempre em silencio sem me pronunciar no assunto! pq dona de loja q é amiga de mae é o pior q ha!!!! lá deu-me a manha livre por muito sacrificio! sozinha, dia seguinte dirigi-me à maternidade! nem queria acreditar q onde nasci ia fazer uma coisa horrivel!!
    envergonhada por ser filha de quem sou, fiz tudo com o maior sigilo sem levantar muito pó (como se costuma dizer!)
    inscrevi-me mudei todos os dados q estavam com os da minha mae e entrei no consultório!
    ..PARVA DE MÉDICA! em vez de ajudar so fazia pior! perguntou-me se fiz teste de gravidez se usava protecçao se tomava a pilula e dei tudo resposta positiva, menos à ultima! nao!, nao tomo pilula! escolha minha.. porque nao só o meu corpo nao reage bem como tive muito doente e deixei de tomar! a medica ficou escandalizada disse q eu deveria tomar a pilula e eu mais uma vez disse que era uma escolha minha e q a minha ginecologista nunca me tinha obrigado de tal coisa! bem, mas digo-vos a médica era parva!!!! fez-me uma ecografia e 'ta de 7semanas' e eu '7semanas????' e a medica afirmou! marcou-se as outras 2consultas e saí! e comecei a pensar '7SEMANAS??? IMPOSSIVEL! COMO ME DEU UM TESTE NEGATIVO NUMA SEMANA ANTERIOR???'
    fui trabalhar da parte da tarde.. e em vez de um problema passaria a ter 2!: como dizer q precisva de ficar em casa!!??!! fartou-se de me perguntar o porquê e mas pra q queria ficar em casa.. bem uma serie de perguntas inuteis em q nada era haver com ela nem sou da familia dela para lhe dar justificações algumas!
    2º consulta, sozinha mais uma vez! senti-me perdida naquele mundo porque umas ou estavam quase a dar À luz e outras a interromper a gravidez!, uma serie de misturas imcomprienssiveis, bem nem sabia o que fazer sozinha ali.. entrei e medica amavel super carinhosa mesmo! deu-me os medicamentos explicou-me como haveria de fazer e fui embora com lagrimas nos olhos!
    mais um dia de trabalho! bem seria o 'ultimo'!
    saí meu namorado foi-me buscar!, mas pedi-lhe que me levasse a casa porque estava super cansada e precisava de descansar! tomei tudo como a medica disse.. e o pesadelo começa!
    Coloquei os 4 que a medica me deu no canal vaginal! e tudo bem nada e pensei 'bem se ate agora nao aconteceu tambem nao acontecera!' deitei-me (por volta das 20h30) mas meu namorado sempre a ligar e a perguntar se estava bem.. mas aterrei por completo! 23h30 certas meu coração bombeou mais que o nomal! entrei em stress! acordei com dores abdominais com dores nas costas.. horrivel! tirei as calcas com os nervos e fiz força porque algo queria sair!.. estava com especie de contracções.. bem HORRIIVVEELL mais uma vez... liguei-lhe a chorar q estava com dores e que ainda nada tinha saido! 2 h a fazer força e nada! entrei em hipotermia! começei a ficar com altos frios e dores horriveis! parecia q estava para morrer!
    adormeci por volta das 4h da manha... 9h da manha: mais outro bombeamento forte e levantei-me com uma enorme vontade de ir à casa de banho! mais nao sei quanto tempo a fazer força! meu deus ja me estava a passar por nada sair!.. ate q relaxei e alivio abdominal! tinha saido! um coagulo enorme saiu! senti-me aliviada mas ao mesmo tempo 'como tive coragem??'
    liguei-lhe a chorar e disse 'ja foi!' e ele 'foi o melhor amor! nao ha condições por enquanto..'. disse-lhe q ia dormir! e ele estava a trabalhar: raro falarmos!
    dormi e tomei um medicamento para as dores.. comecei a sangrar! ai meu deus nunca tinha visto tanto sangue! ja estava a ficar preocupada pois a medica seria so um bocadinho mais que o periodo! so que o que me estava a sair era mais q o nomal!, era quase 3x mais.. entrei em locura.. nao queria acreditar!
    dia seguinte fui trabalhar.. e sempre de pe! nao queria acreditar q estava a abortar e que nao estaria a descansar! nao estava mesmo a acreditar mas tinha de ser para nao levantar suspeitas de nada! sofri bastante.. cada vez mais fumava mais e tomava comprimidos das dores!
    3ºconsulta e ultima!, dia de folga sem nada a pedir.. mais uma vez sozinha! nao sei se a ultima vez foi pior ou se foi um alivio! nao sabia o q estava a sentir..
    sentei-me à espera.. bastante tempo q tive de esperar por causa de erros informaticos! ja me estava a passar! .. quanto mais depressa queria q o tempo passasse pior seria! meia hora à espera q me chamassem!!!!! imenso tempo de espera! entrei e 2 enfermeiras parvas sem outra coisa a dizer! fizeram-me a ecografia e disseram q ja nao tinha nada e de seguida perguntaram-me o pquê de nunca ter aparecido nas consultas de ginecologia.. e eu perguntei 'euu???? esta a falar comigo???' e elas 'sim consigo!' e eu muito educadamente disse 'só voua consultas do privado' e elas 'privado?? ahh as meninas ricas quando precisam vêm sempre aqui!' e eu 'desculpe??? só vim aqui pq no privado nao fazem fiquem descansadas srªs enfermeiras!' ... bem nao disseram mais nada! e sai dizendo bom dia!

    Saí e respirei fundo e disse: NAO QUERO NUNCA MAIS PASSAR POR ISTO!

    Agora questionam-se 'o q tem esta historia haver com o topico???
    e eu digo nada! mas é uma introdução para o que eu sinto e para saber se 'será normal!
    fiz a interrupção e nao me preocupei muito porque foi tudo muito rapido no sentido escrito.. mas demorou eternas horas..
    vai fazer agora 1 ano e de à uns tempo para cá (desde o final de Março) cada vez mais penso no q aconteceu.. questiono-me imenso como seria se tivesse sido ao contrario se tivesse tido a criança (que nem soube se era rapaz ou rapariga).. inumeras perguntas sem respostas!
    e a questao é esta: POSSO ENTRAR EM DEPRESSAO POR TER FEITO UMA IGV??? BEM MINHA CABEÇA NAO ANDA BEM! PARACE QUE TENHO MEDO DE TUDO.. O NORMAL É PEDIR AJUDA?? ALGUEM PASSOU PELO MESMO E OBTEVE RESULTADOS POSITIVOS???? se houver alguma coisa agradecia q me ajudassem...

    • 2013-05-02 18:17:06 2 Maio 2013
    • #372

    Boa tarde, já há alguns dias que venho a ler este tópico.
    Como tantas nós fui negligente e engravidei...
    Quando dei por mim estava com um atraso de 2 semanas! Deu se o panico, tenho dois filhos e não posso ter outro!
    Não falei com ninguem... Pensei em tudo, li montes de coisas, pensei 1º em comprar "aqueles comprimidos" mas eu não queria ir á farmacia onde toda a gente me conhece e ouvir um não...

    O tempo estava a passar, contactei a saude 24, daí passaram me á linha de saude publica, onde a sra muito mal informada disse que não sabia se se fazia a ivg no hospital da cidade, disse me para ir ao centro de saude, eu não podia ir ao centro de saude, era o mesmo que publicar no jornal......
    Liguei para a maternidade do hospital, dali mandaram me ligar para um numero de telemovel, disseram me que ia atender uma enfermeira que me explicaria tudo, e assim foi, marcou comigo hoje(tinha falado com ela na 3ª feira a tarde) portanto foi tudo muito rápido.
    Quando cheguei, pediram me para esperar, passado uma meia hora, fui chamada por uma enfermeira e por uma administrativa, para uma sala no fundo de um corredor, precisamente como eu imaginava, parecia uma ilegalidade que estavamos a fazer, nem havia uma cadeira para me sentar! Entreguei os meus cartoes, a administrativa viu se estava tudo em ordem com os meus papeis, e sem muita conversa a enfermeira disse-me que me ia marcar para a Clinica dos Arcos, que teria uma 1ª consulta , depois passados 3 dias é que se realizava a intervenção.
    Choque! Eu não queria que ninguem soubesse e terei que ir a Lisboa que fica a 2h de caminho!
    E no dia h terei que levar alguem comigo!
    Ficou marcada para 3ª feira a 1ª consulta.
    Ainda não sei como vai ser, mas como ja estou de 7 semanas deve ter que ser cirúrgico, nunca fui anestesiada, e é disso que tenho medo!
    Estou em panico e ainda faltam tantos dias!!!!
    Alguem me sabe dizer como é a 1ª consulta??

    Obrigado

    • 2013-05-04 10:24:03 4 Maio 2013 editado
    • #373

    Titi, eu já fui á minha primeira consulta, e felizmente a medica que me atendeu foi bastante atenciosa.Basicamente, a primeira consulta foi para saber se tenho algum tipo de problema de saude..explicar como tudo vai funcionar..escolher o tipo de intervença..alertar nos pos riscos...e dar-nos o papel de consentimento para pensar.tenho a toma da primeira medicação na Segunda, e a mim não me disseram para ir acompanhada. a unica coisa que a medica me disse foi que depois da segunda toma nao convem que eu fique sozinha porque posso ter dores, e convem ter sempre alguem por perto...

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Titi

    • 2013-05-09 16:19:47 9 Maio 2013
    • #374

    tenho 28 anos e já fiz uma ivg na clinica dos arcos enviada pelo hospital.
    fui muito bem atendida já la vao 4 anos.
    agora estou num dilema tou gravida de 5 semanas e 6 dias já pedi ivg já tratei de td estou no período de ponderação(os 3 dias)agora estou com muito medo que seja medicamentosa no hospital pois tenho um bebe com 10 meses passei a pouco por um parto e não tou preparada para passar as mesmas dores.
    a 1 ivg foi cirúrgica com anestesia geral.
    a possibilidade de escolher ou não???????

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Titi, fatimasantos.666

  8. Bom dia....

    • 2013-05-11 13:20:5811 Maio 2013
    • #376

    Já fiz.
    Fui ontem saí de casa bem cedo, estava marcada para as 10.10h
    Foi simples, depois de me deitar na maca, o meu pânico foi só quando me "amarraram"as pernas.
    Depois de me porem a soro, lembro-me de aparecer um medico que me perguntou a minha idade, depois disso... pufff adormeci (nunca tinha sido anestesiada na vida), acordei passado uns 20 min /30min, veio uma senhora com a caixa das minhas roupas, disse para me vestir, levou me para uma sala de espera, deu-me um sumo para eu beber (ainda bem, estava cheia de fome), chamaram me novamente para outra sala, a medica ou enfermeira deu me uns comprimidos para as dores caso eu precisasse (ainda não precisei), marcou a consulta de revisão, deu me alguns conselhos e fui embora.
    Não tive quaisquer dores, sangramento muito pouco, acho que fiz a escolha certa e aconselho, anestesia geral e na Clinica dos Arcos.

    • 2013-05-15 11:09:1515 Maio 2013
    • #377

    Preciso de ajuda! Fiz uma IVG cirurgica em Março e comecei logo a tomar a pilula. Acontece que desde então já vou na 2ªpausa da pílula e ainda não tive mesntruação. Alguém a quem tenha acontecido o mesmo? Quanto tempo demora a menstruação a vir? Liguei para a clínica e dizem que é provavel que seja um problema hormonal...

    • 2013-05-15 17:18:5015 Maio 2013
    • #378

    Preciso de ajuda...
    Em maio de 2011 fiz uma IVG na Clinica dos Arcos...
    Custou, marcou mas foi a opção correcta.
    Dois anos passados, a minha vida mudou, estou a um ano e meio numa empresa com um horário exigente, muito stress,ainda a ganhar pouco, mas a carreira profissional que eu queria.
    Descobri hoje que estou grávida de novo...
    Não posso... Não é possível...
    Tenho uma relação assumida, mas neste momento?
    O que faço a 18 meses de trabalho?
    E agora?
    Posso fazer IVG de novo pelo SNS?
    Alguem sabe como isso funciona?

  9. Boa noite
    Descobri há pouco mais de 2 semanas que estou grávida. Tenho um relacionamento sério com uma pessoa que gosta muito de mim, mas somos bastante novos e com os estudos por acabar. Decidimos entao fazer a ivg .
    Fui ao Hospital de S.João (Porto) , as recepcionistas nao sao as pessoas mais simpáticas do mundo, mas já li aqui coisas bem piores. E quanto as médicas? são as pessoas mais carinhosas e divertidas, mesmo indicadas para lá estarem, aconselho mesmo a que quem ler isto e ainda nao tiver uma decisao de onde se deslocar que vá lá.
    Já fiz as 2 consultas, na 1º tive de preencher alguns inqueritos, fiz uma ecografia para saber de quantas semanas estava, fui assistida por uma psicologa e uma tecnica dos serviços sociais. Voltei lá passado exactamente 7 dias , voltei a fazer uma ecografia e de seguida tomei o primeiro comprimido, que segundo o que percebi serve para ppreparar o utero . Tambem nos dao 4 comprimidos, soro, luvas etc... Amanha tenho de colocar os comprimidos , e estou a morrer de medo, acho que nao vou aguentar as dores :( é preciso mesmo muita força . :crying:

    • 2013-05-24 21:39:0124 Maio 2013
    • #380

    Já alguém realizou duas IVG?
    Preciso de ajuda!

  10. sera que com 11 semanas posso fazer ivG ?? Fui mae recentemente ... é perigoso?? ajudem-me:frown:

    • 2013-05-31 01:37:0131 Maio 2013 editado
    • #382

    Estou... Desnorteada! Fiz uma IVG a 8 de março... Posso dizer que psicologicamente ainda não recuperei, perdi todo o sentido de humor, o sono, e rir passou a ser uma raridade...
    Mas enfim.
    O que se passa é... É possivel uma mulher estar grávida de gémeos sem saber? Às vezes só se deteta um segundo embrião mais tarde, isso eu sei... Mas é possivel numa ivg efetivamente abortar um embrião e o outro sobreviver?
    Eu sei que isto parece um disparate pegado e uma pergunta idiota, daí perguntar aqui em vez de ligar à médica, mas é q ganhei peso (só barriga), perdi cintura, apareceram-me borbulhas na cara, manchas no corpo, faço muito xixi, estou constantemente com azia... Sei lá, uma pessoa fica com a cabecinha em paté depois de passar por uma coisa destas!

    Hoje (sexta feira), eu ia fazer 19 semanas de gravidez...

    • 2013-06-04 09:47:00 4 Junho 2013
    • #383

    Estou desempregado e o meu namorado também. Não temos qualquer subsidio social. Nenhuma fonte de rendimento. naão moramos juntos ainda.
    Ontem tive a primeira consulta de IVG. Fui sozinha. Estavam mais algumas raparigas, na maioria acompanhadas com as mães, outra com o namorado. Parecia que estavamos no corredor da morte. Ninguem falava, uma até chorou um pouco.
    Quando chegou a minha vez, tentem expor as minhas dúvidas quanto ao processo e a médica mal-humorada disse para ter calma que tinham mais o que fazer. Só preencheu a ficha com os dados pessoais necessários e fez a eco. Disse-lhe que no meu caso era melhor o método cirurgico porque em casa não tenho condições de passar por este processo. Moro com os meus pais, um está desempregado e outro de baixa. Ou seja, não há privacidade para sofrer sem que desconfiem.
    E até colocou a cópia da eco sobre a mesa para eu ver o embrião. Que falta de sensibilidade, mesmo vendo que eu estava a tremer e mal conseguia falar com tanto stress.
    Deu- me uma ficha para eu levar para casa e assinalar que concordava com tudo. Mas alguns dos pontos não posso concordar pois praticamente não me esclareceu o processo. Mas também se não assinalar que concordo com tudo não me fazem a IVG.
    Tenho a próxima consulta depois de amanhã e sei o que tenho que fazer mas tenho receio de sofrer muito ou morrer.

    • 2013-06-04 09:48:01 4 Junho 2013
    • #384

    PS: Estou desempregada e não desempregado (enganei-me).

  11. Amy antes de tomares qualquer decisão tens que ver quais são as condições em que a interropeçao será feita, não assines quaisquer papel sem estares a par de tudo, pois pode correr mal e ninguém se vai responsabilizar por ti... informa-te bem primeiro depois ai deves agir visto que a tua gravidez é indesejada .
    Mas isso do desemprego por vezes nao é problema pois caso nao saibas nesse processo todo uma assistente sucial tem de te seguir e dar te as indicaçoes de todos os subsidios que o estado te podera dar, pra lem do pre natal, tens direito ao abono, ao subsidio durante 150/180 dias depois do parto, ainda podes meter o rendimento sucial de inserçao , 50% de apoio para ajuda de uma renda de casa e ainda o subsidio de mae solteira . por isso informa-te bem :)

  12. Boa tarde a todas,
    Eu estou bastante preocupada e gostava de saber se ha alguem na mesma situação, fiz uma ivg ha mais de 2 anos e nunca mais tive o periodo. No inicio disseram me que era normal, passados 5 meses voltei a clinica fizeram me uma ecografia disseram que estava td bem que seria um problema hormonal e receitaram me provera 5mg. de la para ca o pouco q tinha ( 1 dia maximo) desapareceu. ja tomei varias caixas de provera, ja fiz analises, os niveis de estrogenio estao mto baixos mas o medico diz que tenho de esperar q o corpo ha de reagir... tenho 33 anos portanto é mto cedo p a menopausa... gostava de saber se alguem passou por algo semelhante e o q fez
    obrigada a todas

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Amy

    • 2013-06-23 21:37:4523 Junho 2013
    • #387

    Boa noite, alguém já realizou uma IVG nos Hospital de Leiria?
    Obrigada

    • 2013-06-30 10:25:2430 Junho 2013
    • #388

    Ola fsantos.
    Não teres o periodo há mais de 2 anos não é normal. Tives-te alguma infecção pós-ivg? Se não pede mais análises.

    Marýý, no meu caso específico, como nunca trabalhei nem tenho ou tive rendimentos não há nenhum apoio social a que tenha direito. Pesquizei, perguntei, insisti... Por isso ate adiei 2 vezes a consulta. Mas como não há apoio para um filho, tive que, forçadamente, recorrer á ivg.

    Fiz ivg há cerca de 2 semanas e estou com infecção e a tomar antibiótico. As infecções uterinas podem provocar esterilidade. Além de estar a sofrer muito por perder o meu filho/a, posso nunca voltar a ter filhos no futuro. :crying:

    • 2013-06-30 10:27:3430 Junho 2013
    • #389

    PS: Alguém sabe se no hospital posso ter consultas com psicólogo após a ivg?
    Estou desesperada e não tenho ninguém com quem desabafar para tentar aguentar a vida.

    • 2013-07-03 11:04:08 3 Julho 2013
    • #390

    Boa tarde a tod@s,
    Fiz ontem a minha IVG na Maternidade Alfredo da Costa. Toda a equipa foi incansável. Se alguém, infelizmente, vier a necessitar dos serviços deles, não temam.
    Quaisquer perguntas que tenham, digam. Este fórum já me ajudou muito, chegou a minha vez de retribuir.

    • 2013-07-03 19:56:04 3 Julho 2013
    • #391

    descobri que estou gravida, quero fazer uma IVG , queria saber se é obrigado esperar 3 dias depois da primeira consulta, alguem me pode dizer?

    • 2013-07-03 20:08:00 3 Julho 2013
    • #392

    Sim, é o período de reflexão obrigatório. Poderão não ser apenas 3 dias, mas pelo menos 3 dias terás de ter.

    • 2013-07-03 20:14:47 3 Julho 2013
    • #393

    e a consulta previa pode ser marcada no proprio dia ou tenho de marcar antes ?

    • 2013-07-03 20:18:00 3 Julho 2013
    • #394

    A consulta prévia será marcada para quando houver vaga. Há situações onde eles permitem ir directamente ao Hospital; comigo, disseram que tinha de marcar no Centro de Saúde. Portanto, o ideal é dirigires-te ao local onde pretendes fazer a IVG e pedires para te explicarem os procedimentos.
    Às vezes há várias pessoas a quererem marcar consultas, e por isso convém marcares rapidamente. Se vires impedimentos, nomeadamente no Centro de Saúde, pede urgência na consulta.

    • 2013-07-03 21:04:12 3 Julho 2013
    • #395

    ja fui ao centro e vou la voltar sexta para saber quando tenho a consulta previa, obrigado .
    espero que passe rapido pois só tenho 17 anos e isto é bastane dificil para mim e para o meu namorado

    • 2013-07-03 23:08:48 3 Julho 2013
    • #396

    Não sei de que zona és, mas desde o teu pedido à consulta prévia não podem passar mais do que 5 dias. Se tiveres a consulta prévia no Centro de Saúde, depois terás uma primeira consulta no Hospital antes da intervenção. Faz parte, mas a partir do momento que tens a 1.ª consulta marcada, por norma é rápido.
    É difícil para todas nós, acredita. Mas vai passar. :) Dispõe!

    • 2013-07-04 20:33:41 4 Julho 2013
    • #397

    como não sabia que estava gravida, tomei um chá que dizem que faz vir o periodo, no dia seguinte fiz o teste e deu positivo mas hoje sagrei, será que já não estou gravida?

    • 2013-07-04 22:43:23 4 Julho 2013
    • #398

    Na consulta prévia, fazem-te uma ecografia e verificam tudo isso direitinho, ok?
    Um teste, agora, dar-te-á sempre positivo, portanto, faz a consulta e logo vês.

    • 2013-07-17 23:15:4817 Julho 2013
    • #399

    Ola
    Decidi fazer um post aqui para poder desabafar e também pedir ajuda.
    tenho 25 anos e já tenho um menino que é a minha maior alegria da vida.
    Este mês o meu período esta atraso apenas 4 dias , mas já fui hoje fazer um teste de gravidez , vou amanha buscar o resultado , mas tenho quase 100% de certeza que vai ser positivo.
    Infelizmente se confirmar vou ter mesmo que optar por fazer um IVG , pois estou sem trabalho a muito e o meu marido com um trabalho muito precario, tenho que pensar com a cabeça e nao com o coração.

    Se amanha se confirmar o positivo o que devo fazer?
    Eu sei que na minha zona é o Hospital de Guimarães que faz e eu nao queria de forma alguma ter que ir ao meu centro de saúde.
    Devo ligar 1º para o hospital a marcar a consulta ou vou lá directamente?

    • 2013-07-18 12:51:0918 Julho 2013
    • #400

    Olá momo,
    Lamento a situação pela qual estás a passar.
    Se der positivo e quiseres avançar para IVG, podes ligar para o Hospital e perguntar se podes ir lá directamente sem seres encaminhada pelo CS. Há hospitais mais flexíveis que outros, mas não conheço a realidade de Guimarães. Se te disserem que não, pergunta se podes ser encaminhada a partir de um médico particular ou de uma consulta de planeamento familiar que não seja no CS, pois por questões de privacidade não queres ir lá.