Participar & Escrever

  1. Ola a todos, como sabem ou devem saber tenho escrito alguns comentários sobre este problema que tenho. Não consigo arranjar cura para isto. Até que fui fazer tratamentos homeopáticos.
    Não vou dizer que estou bom, porque não estou, mas posso dizer que num mês melhorei significativamente, tenho na mesma dores, não tão fortes. Antes(mês passado) tomava buscopan cerca de 20 comprimidos num mês e sempre com botija quente para ajudar a relaxar e este mês que estamos tomei cerca de 5 comprimidos.
    Ando a tomar um pó alcalino para estômago, mais umas vitaminas e uns supositórios (x dias). Também uma dieta diferente sem gluten. É verdade também estou a fazer Auto-hemonoterapia. (Este mês até hoje tive 1 crise forte - julgo que tenha sido de umas batatas fritas que comi, para ai meia duzia)

    Vamos ver se isto neste próximo mês melhora ainda mais. Pois as dores são insuportáveis.


  2. Olá Tiago, ao ler os seus comentários tenho a sensação de me estar a ler a mim próprio. à cerca de 3 anos que luto diariamente com este sindrome e já não sei o que fazer: deixei de fumar, pratico desporto, tenho cuidado com a alimentação, por vezes faço medicação e .... nada.
    Li num forum aqui deste site que alguem nas mesmas condições, melhorou bastante com Colifagina (probióticos). Por acaso já esperimentou? Fiquei curioso
    Entretanto desejo-lhe as melhoras

    • 2014-05-06 10:56:51 6 Maio 2014
    • #3

    Olá,
    Também tenho este problema há cerca de 6 anos e ainda ontem escrevi um post sobre isso. O que no meu caso ajudou foi mesmo a medicina natural, pois acho q há mto mais conhecimento e interesse acerca deste assunto. Uma srª que consultei ajudou-me a identificar quase tds os alimentos q me faziam mal e hj em dia tenho uma dieta super-restritiva, mas tenho mto menos crises de diarréia e dores. Não consumo alimentos c lactose, consumo pouco glúten, n como frutas ácidas, legumes são poucos os q posso comer...; faço desporto e tento ter uma vida saudável, mas basta andar um pouco mais nervosa q até uma simples bolacha me faz mal :-( Por vezes também tomo um Probiótico e ansiolíticos em SOS.
    As melhoras p todos!

  3. Isto e muito complicado. Uma pessoa perde mesmo a cabeça estamos muito bem e a qualquer momento ou derepente pumba lá vem as dores e crises. Eu nem vou comer fora porque sei que os comeres me fazem mal. Cheguei alguns anos andar de avião, mas agora parece que ganhei fobia, não só por me sentir mal em espaços fechados, mas também devem dar uma crise dentro do avião.... . E um sofrimento valente, nos não estamos bem nem deixamos os nossos familiares viverem bem a vida. Não sei se vos acontece igual a mim ou pensam da mesma forma.

  4. Boa tarde
    Acho estes comentários muito interessantes. Eu sou uma Naturopata qualificada, e estou agora a aceitar novas marcações para consultas de Homeopatia, Aromaterapia e Florais Bach. Sei os bons resultados que as terapias naturais tem em casos de sindrome de colon irritável, principalmente a homeoaptia. Queria dizer que, se alguém que esteja interessado neste tipo de terapia, e se encontre na zona do Algarve, entre em contato comigo - eu estou em Alvor, e terei muito gosto em ajudar.

    • 2014-06-20 05:17:1320 Junho 2014
    • #6

    http://www.writers-centre.org/transplante-sindrome-do-intestino-irritavel.html conhecem este tratamento? já fizeram exame de fezes para ver se tem clostridium difficile??? uma bactéria?

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Alex de lemos, Maria Victória

  5. Gente O TRANSPLANTE DE FEZES pode ser a cura para a SII!!!!!!!!!!!!!!

    Para quem já tentou de tudo se informem sobre o assunto. Um médico da universidade de toronto no canadá (MICHAEL SILVERMAN) disse inclusive que ele poderia ser realizado em casa, com um enema de farmácia, pegando fezes de pessoas saudáveis (DEPOIS DE FAZER EXAMES DE FEZES - HIV/ hepatite A e B e citomegalovirus alem da deteccao de C. difficile por PCR -> PARA VERIFICAR SE REALMENTE ESTÃO SAUDÁVEIS) e passando para o doente.

    Alguns hospitais e medicos em SP ja realizam o procedimento, que e seguro, e parece ser a unica cura para algumas doencas. Passem a informacao pra frente, para outros grupos facebook, para que mais pessoas possam se curar!!! demorei meses para descobrir isso, pela internet, espalhem a informacao para ficar mais acessivel!!!

  6. http://www.profdorival.com.br/resources/Doacao-de-fezes.pdf LEIAM ESTE ARTIGO, PASSEM PRA FRENTE!!!!!! pessoas sem recursos podem ir conversar com algum gastro e depois da conversa e exames de fezes dos doadores, tentar o metodo em casa com o enema de farmacia.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Gleidson88

  7. Para quem mora em portugal este tratamento foi realizado pela primeira vez na Holanda, ou seja la fazem o TRANSPLANTE DE FEZES. Se curem gente, a vida eh curta, tentem tudo antes de desistir. Todos merecemos ter uma vida normal. Os medicos sao auxiliares na nossa cura, mas quem tem que buscar esta somos nos.

  8. E como funciona esse tratamento?

    data-ad-client="ca-pub-8057434045421582" data-ad-slot="3064784842">
  9. Boa Noite. É a primeira vez que escrevo num fórum da Internet e infelizmente sinto bastante necessidade de o fazer porque sofro deste problema à mais de 10 anos e tenho apenas 20 anos feitos recentemente e começo a dar em doida com esta situação. Esta doença intestinal tem-me colocado de rastos. Tenho muitas descargas intestinais e tinha muitas dores incontroláveis e inexplicáveis, quase que desmaiava. Uma vez que não há cura, perdi o medo que tinha pelas agulhas e optei por recorrer a outros tratamentos começando a fazer acupunctura. Melhorei bastante a nível das dores no entanto continuo a ter descargas e o pior é que não sei porquê. Fala-se muito na alimentação e já fiz os testes, deram todos negativos, ou seja nenhum alimento me faz mal; bebo leite e como iogurtes sem lactose à bastante tempo e nada muda; pão sem fermento foi algo que me ajudou; mas não há cura...Cheguei ao ponto de apenas fazer duas refeições por dia, almoço e jantar para que a quantidade de alimentos ingeridos fosse o mínimo possível de modo a evitar descargas. Destrói-me completamente o facto de olhar para as pessoas e vê-las a comer um chocolate, gelado, fritos entre outros alimentos e não os comer ou comer sabendo que irei sofrer as consequências. Até então pensei que era a única a sofrer deste mal e ainda hoje me questiono porque sou uma das poucas pessoas afetadas, tal como muita gente que sofre deste problema a 100% também deve perguntar, no entanto não há nada a fazer :crying:

  10. Olá Alexandra
    Diz que faz acupunctura e que a ajudou em relação a dores. Já pensou em Homeopatia? Esta é uma terapia natural que tem apresentado bons resultados em casos de sindrome de intestino irritado. Pode ser uma ajuda no seu caso. Não sei em que area do pais, se encontra, eu estou no Algarve e, sendo uma naturopata qualificada, gostaria de a tentar ajudar. Este é um problema que causa muitas restrições a nivel alimentar e apresenta também muitas restrições a nivel duma vida normal. Se estiver interessada, entre em contato comigo.

  11. Homeopatia é à base de medicação natural que se adquire em homeopáticas correto? Se sim também já tomei algumas coisas mas não sei dizer o quê pois tinham uns nomes estranhos ... No entanto aceito todas as ajudas pois o desespero começa a controlar-me. Esta doença afeta-me a vida a 100%, é horrível.

  12. A homeopatia é uma terapia natural que usa remédios produzidos homeopaticamente, através de diluições e agitação vigorosa. Baseia-se no principio que semelhante cura semelhante, ao contrário da medicina conventional em que um medicamento vai combater os sintomas, na homeopatia, encontra-se um remédio com caracteristicas semelhantes para resolver o problema. A homeopatia é uma terapia holistica, considerando a pessoa como um todo. Faz-se um questionário extensivo para se poder identificar qual o remédio que mais se enquadra no quadro de sintomas. Tem apresentado otimos resultados em casos de sindrome de intestino irritável. Eu estou na area do Algarve, onde está a Alexandra? Realmente, ter que viver assim, há jáa 10 anos e com a idade de apenas 20 deve ser horrivel. Se se encontra no Algarve, terei muito gosto em marcar-lhe uma consulta para a poder ajudar.

  13. Olá. Eu sou de Coimbra

  14. Olá Alexandra
    Em Coimbra não me é possivel ajudar. Procure algum Homeopata na sua zona. Se não tiver sucesso e quiser experimentar Homeopatia, entre de novo em contato comigo - talvez consiga arranjar uma maneira de fazermos a consulta por Skype, embora eu prefira conhece-la pessoalmente, gostaria muito de a ajudar e tentar melhorar a sua condição e a sua vida.

    • 2014-09-10 09:47:1710 Setembro 2014
    • #17

    Olá,

    Eu tenho esta doença desde Abril de 2013... Tenho Sindrome do Intestino Irritável Pos- Infeccioso, pois foi depois de uma gastroentrite. Estive um ano muito mal, perdi 10 kilos e não tinha energia para nada. A mim ajudou-me muito uma nova dieta descoberta na Austrália e que está a ser utilizada em muitos países como o melhor tratamento para o SII. Chama-se dieta low FODMAP. Neste momento já engordei 5 kilos e tenho cada vez mais energia. Resolvi escrever um blog sobre isso para tentar ajudar o máximo de pessoas possíveis! Podes ver aqui: www.mygutfeeling.eu.

    Espero ter ajudado...

    Muita força a todos!!

    Joana

  15. Ola Joana,

    diz-me uma coisa, mas essa dieta, estive a ver por alto diz para não comer certos alimentos, mas por exemplo substituis a fruta e os legumes que são retirados com que? Podes comer laranjas? No meu caso mexe comigo.

    AO ganhares peso as dores do intestino e crises melhoraram? Tomas alguma medicação diariamente ou em caso de SOS?

    Aguardo

    Obrigado

    • 2014-09-11 15:48:1011 Setembro 2014
    • #19

    Olá Tiago,

    Depois de duas semanas de dieta, deixei de ter a barriga inchada e cólicas constantes. Foi um verdadeiro milagre!

    Os legumes não são um problema, pois a lista dos que podes comer é grande. O desafio é adaptar a dieta à nossa dieta portuguesa. Por exemplo, como não devemos comer alho, eu coloco alho com casca esmagado no refogado e depois retiro. A cebola já é mais complicado... O que faço é juntar cebolinho aos pratos para dar um sabor parecido.

    Quanto à fruta como morangos, uvas, bananas, kiwi´s, laranjas,... Se comeres kiwis, já substituem a vitamina C da laranja. Não é fácil não comer maçãs e peras, mas depois de me sentir cada dia melhor, deixei de me importar ;)

    Aconselho-te um site da universidade australiana que inventou a dieta: http://www.med.monash.edu/cecs/gastro/fodmap. Eles até têm uma aplicação smartphone muito útil com todos os alimentos que podes ou não comer e quantidades (sim, porque esta dieta também tem a ver com quantidades. Por exemplo: não devemos comer mais do que 10 amêndoas por dia).

    Quanto a medicação, deixei de tomar, pois os antiespasmódicos faziam-me pior... Tomo os probióticos VSL#3 alternado com ergyphilus.

    Há outra coisa que queria referir é que cada caso é um caso. Por exemplo: eu não tolero muito bem alface, excepto rúcula. Carnes vermelhas fazem-me muito mal também e eu adorava.... Fiz um teste de intolerâncias que me ajudou a identificar os alimentos que me fazem mal e coincidiam na maioria com os da dieta low FODMAP. Se puderes fazer o teste, aconselho.

    Atenção que esta dieta não é para sempre. Depois fazes a reintrodução dos alimentos para ver os que te fazem bem ou não.

    Espero ter ajudado,

    Joana
    blogger@mygutfeeling.eu

    • 2014-09-11 16:09:4011 Setembro 2014 editado
    • #20

    Segue uma lista não extensiva dos alimentos que podemos ou não comer durante a deita low FODMAP

    Vegetais
    sim: feijão verde, couve branca, couve chinesa, pimento, cenoura, cebolinho, ervas aromáticas, pepino, alface, tomate, abobrinha,...
    não: Espargos, alcachofras, cebola, alho-porro, alho, ervilhas, beterraba, couve lombarda, aipo, milho,...

    Fruta
    sim: Banana, laranja, tangerina, uvas, melão,...
    não: Maçãs, peras, manga, melancia, pêssegos, ameixas,...

    Leite e derivados
    sim: Leite sem lactose, iogurtes sem lactose, queijo duro, sorvetes,...
    não: Leite, iogurte, queijo fresco, gelados,...

    Cereais
    sim: Pão sem glúten, aveia, massa sem glúten, arroz, quinoa, bolachas de arroz,...
    não: Pães contendo trigo ou centeio, cereais à base de trigo com frutos secos, massa (de trigo),...

    Nozes e sementes
    sim: Nozes, sementes de abóbora,...
    não: cajú, pistachios,...

    Proteínas
    sim: carnes, peixes, frango, tofu, tempeh

    fonte: http://www.med.monash.edu/cecs/gastro/fodmap/low-high.html

    Abraço,

    Joana
    blogger@mygutfeeling.eu

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Maria Victória

    • 2015-08-06 15:45:19 6 Agosto 2015
    • #21

    boa tarde, será que o transplante de fezes resulta mesmo?

  16. Olá a todos. Como sabem eu tenho também esta doença, e quando tenho crises de diarreia, como tive esta semana parece que vou morrer, é desesperante. Não sei que fazer mais. Falei com uma instituição em Leça do Balio e disseram-me que por norma, não é tão doloroso que parece que vamos morrer. Como são os vossos sintomas nas crises?

    Eles disseram-me como eu tenho uma distrofia muscular e disseram-me que as dores tão fortes pode ser por causa disso.

    Alguém de vocês tem?

  17. Ja testaram medicamentos Homeopaticos e com resultados?

    • 2016-05-17 17:28:1917 Maio 2016
    • #24

    Olá Tiago,a gente tem que seguir a risca as dietas,eu por exemplo não como pão,arroz,leite e frutas ácidas.Estou tendo ótimos resultados com o chá de capim cidreira ou capim limão aqui no brasil,vc pode fazer de caixinha mesmo com 2 sache por xícara.Pra mim já foi provado que o que cura são antibioticos o que temos é supercrescimento bacteriano no intestinos,sempre quando tomo antibioticos do tipo ciproflaxino eu melhoro mas é s´parar que tudo volta,mas o chá ajuda muito por que é calmante e bactericida tente, não custa tentar.

    • 2016-06-07 12:15:40 7 Junho 2016
    • #25

    Olá a todos! Eu tenho sii D, no entanto não tenho qualquer sintoma e como de tudo o que antes era impossível para mim! A maior parte dos médicos desconhece a sii! A verdade é que após consultar vários gastroenterologistas que me medicavam sem qualquer melhora, encontrei uma gastro que me indicou trofanil ou imipramina, que de fato é um antidepressivo, mas que para controlar a sii é tomado em dose mínima, também é utilizado noutras doenças para controlar a dor!
    A verdade é que tomo apenas 25mg dia, o normal para depressora etc é dose mínima de 150mg! Deixei de ter dores, diarreia e posso comer de tudo! Já não sabia o que era ter uma vida normal! Só queria deixar o meu testemunho pois acho que ninguém merece viver com estes sintomas.
    Outro medicamento que funciona é p quantalan mas só tira as diarreias.
    Melhoras a todos

  18. Essa doença causa um desgaste mental,acabou com minha vida(hoje sobrevivo), com minha liberdade,independencia,auto-estima,liberdade de escolhas.Tenho duas pernas normal,olhos que veêm, boca que fala e ouvido que ouve mas me sinto incapaz e inválida mais que um deficiente fisico, viver assim não dá pra mim prefiro a morte.Desculpem o desbafo
    :not_even:

  19. Eu postei a mensagem de vida sem graça do ano passado ,hoje venho com essa mensagem de milagre, por que é sim um milagre depois de 19 anos da minha vida descobrir o que realmente tava causando a sii.Por incrivel que pareça é a agua que bebia, agua da torneira filtrada ou de mineral em galões de 20 litros , todas elas contaminada com a bacteira Helicobacter Pylori,essa bactéria vive normalmente na agua,e se adaptou ao estomago da gente quen é muito acido ,ela consegue viver tranquilamente no nosso estomago causando enjoos, disbiose,fome exagerada e etc...vêem o video do Dr. Rey no youtub falanda de melhor bebeida, a minha agua que bebo é filtrada e fervida, ou agua de coco, ou de garrafinha menores porém da marca uai, mas pode ser outra marca de confiança sua.Mas tambémfaço dieta tirei o gluten, carne vermelha, tomo só leite 0% lactose. Mas pra mim nãoadianta fazer dieta se não cuidar da agua que bebe.

  20. Olá a todos!

    Já não escrevo à cerca de 2 anos e muita coisa mudou. No entanto nem sei por onde começar...

    Como já referi anteriormente já tenho este problema do SII e Gastrite Crónica à bastantes anos. Em meados de 2016 divorciei-me e voltei a frequentar com mais frequencia o Ginásio e fui a uma nutricionista.

    No espaço de 1 ano +- 06/2016 até 05/2017 consegui engordar cerca de 6Kg de massa muscular e tive poucas crises ou seja para terem uma ideia eu só me alivia as crises com botija e Buscopan.

    Vejam um registo que tenho feito ao longo do tempo:

    2014: 155 Comprimidos
    2015: 101 Comprimidos
    2016: 74 Comprimidos - Divorciei
    2017: 66 Comprimidos - Voltei a ter uma companheira
    2018 (até ontem): 113 Comprimidos

    Nota: A minha alimentação é sempre a mesma e foi.... . já fiz varios testes, medicinas alternativas.... e sempre igual.

    Como é possivel depois de me divorciar melhorar, conseguir ganhar peso/menos crises e depois de conhecer uma pessoa que me adaptei excelentemente e sem nenhum tipo de discussão (0), volte a ter mais crises e a perder esses 6Kg?

    Agora até fui a uma nutricionista funcional a ver se resolvo... .

    Verdade que reduzi o Ginásio (tempo) que ia, mas o resto tudo igual, será o meu psicológico (mas subconsciente) e não o consciente que me deixa assim?

  21. Boa tarde a todos! Felizmente não sofro desta patologia, no entanto são vários os casos de pessoas com esta patologia que conheço, mais ou menos intimamente. O que sofrem, física ou psicologicamente só eles e vocês é que sabem, pelo que tenho um respeito enorme! No entanto, algumas das pessoas que conheço fazem um tratamento que as ajuda imenso na prevenção de crises e no aligeirar da sintomatologia. Nomeadamente alterando hábitos alimentares, e não me refiro apenas à remoção de alimentos com gluten e lactose mas também alimentos pertencentes ao grupo de hidratos de carbono de cadeia curta, não digeríveis, que são facilmente fermentáveis e de pequeno tamanho molecular. Esse acompanhamento tem sido fundamental na obtenção de melhor qualidade de vida dessas pessoas. Associado aos hábitos alimentares, esses pacientes têm feito, com com alguma regularidade, por norma a cada 6 meses, uma limpeza intestinal com água e ozono, que além de remover todas as fezes depositadas nas paredes intestinais, remove os gases e os processos fermentativos que estão a ocorrer, levando a prazo ao alívio da inflamação intestinal e recuperação para um estado saudável das suas paredes.
    A verdade é que se tem verificado óptimas melhorias nessas pessoas!
    Se me perguntam se é uma cura?? Direi que não! No entanto todos os processos que levem a uma redução no número de crises, a uma redução da inflamação e à redução da medicação a tomar são positivos. Principalmente quando se tratam de processos não invasivos e sem contra indicações.