Participar & Escrever

  1. Foi-me detectada hidrocefalia aos 15/16anos. Fui sujeita a varias cirurgias na altura p colocaçao de um cateter(válvulas) q se situa desde o cérebro até ao abdómen. A sua função é drenar o liquidos em excesso situados no cérebro. Hoje tenho 31anos e desejo muito ser mãe. Mas tenho algumas duvidas e como naõ conheço ninguém que tenha passado pelo mesmo não consigo ficar esclarecida e descansada caso engravide. A primeira dúvida é em relação ao crescer da barriga. Uma vez q o cateter está tao á superficie da pele o q vai acontecer? Vai ter
    q acompanhar o crescimento(terá tamanho sufiente?). Outra dúvida é o parto. Ajude-me por favor.


    • 2013-05-23 00:45:1923 Maio 2013
    • #2

    dina, isso é uma situação sensível em que cada caso é único, pelo que sugiro fortemente que fale pessoalmente com um médico que esteja por dentro do caso.

  2. Encontro-me numa situação semelhante à tua, pois tenho hidrocefalia não comunicante desde o nascimento e tenho um sistema de derivação válvula/cateter com escoamento para a cavidade peritoneal. Para além disso, tenho a mesma idade e desejo engravidar em breve. Em relação ao tubo ser à superfície, é verdade, mas não está colado (ou pelo menos não deveria) e tem geralmente um comprimento muito grande (mais que o necessário), só resta ficando a dúvida se está rígido da agressão pelo próprio organismo. Deves falar com o teu médico e perguntar-lhe se deves fazer uma bateria de exames antes de engravidar, de modo a assegurar que está tudo ok. No meu caso, falei com o meu neurocirurgião sobre a situação e ele desdramatizou logo a situação a dizer que a gravidez em princípio será normal e que onde há geralmente mais problemas é no parto, sendo a cesariana um procedimento a evitar. Se não houver outra opção, ter-se-á que extrair o tubo para um local estéril para ele drenar, durante o nascimento e depois colocá-lo novamente com muito cuidado para evitar infeções. Li um blogue de uma americana que teve dois filhos com sucesso, mas teve que ser operada algum tempo depois. Li artigos médicos de partos com muito sucesso também.
    Espero ter ajudado e espero que hajam bons desenvolvimentos.

  3. Boa noite, cara Dina

    Peço desculpa por demorar alguns anos a responder a esta questão, mas foi necessário um grande trabalho de investigação para poder responder de forma segura.

    É claro que sim!

    É claro que podes engravidar.

    Digo-o com toda a certeza.

    Queres uma prova?

    A prova é o nosso filho lindo que neste momento dorme tranquilo no teu colo.

    Amo-te...