Participar & Escrever

    • 2007-07-29 00:24:3829 Julho 2007 editado
    • #1

    Uma das melhores experiências e também uma das mais assustadoras.
    Passamos por tantos estados que após 4 anos ainda aparecem novos :)

    Tem-se muitas certezas e muitas incertezas mas aprendi que seguir o meu instinto é o mais correcto.
    Não é fácil mas adoro esta "minha profissão". Sinto-me completa e adorava ter mais filhos.

    Penso sempre que eu já passei pela fase dela mas ela nunca passou pela minha logo... eu tenho que ter a paciência e a atitude correcta para que ela cresça feliz e autónoma.

    Entrou para o colégio aos 3 anos e surpreendeu-me pela atitude positiva com que encarou o deixar a casa da avó e ir para um sítio novo e cheio de crianças, que ela nunca vira e deixava para trás os mimos dos avós.

    Sempre consegui ultrapassar todas as adversidades que me iam aparecendo, desde o deixar a chucha, o largar as fraldas porque nunca a obriguei a nada e sempre conversei muito com ela mas...

    Agora tem 4 anos e está tentar medir forças comigo e com o pai ( esqueci-me de referir que estamos os 2 presentes em tudo, sempre)
    e nada é feito sem consentimento mútuo mesmo que discordemos do ponto de vista um do outro. Falamos à parte e tentamos conciliar depois a divergência.

    Voltando aos 4 anos... Pela 1ª vez, sinto-me um pouco perdida, porque nunca fez birras ou gritava connosco porque nunca o fizéssemos com ela. Se ela queria um brinquedo, bastava explicar-lhe que não podia ser e ela entendia bem mas agora, a palavra NÃO é uma constante do vocabulário dela e nem sei muito bem como proceder.
    É não para tudo... E já levou a sucessivos atrasos meus ao emprego( parece que as chefes se esquecem que já foram mães :( ).

    Sinceramente, não sei como proceder porque parece-me que vou ter que começar a aplicar castigos e isso não faz parte da minha personalidade...

    Alguma ajuda?


    • 2007-12-06 16:46:57 6 Dezembro 2007 editado
    • #2

    Que tal a troca de vontades?

    Com o meu filhote funciona! :) grande parte das vezes!!!:P

    Mas depois também acabo por ouvir uma frase do tipo: " e o que me dás em troca mamã?" São mais inteligentes do que nós o eramos com a idade deles e quase que se sentem tão inteligentes como nós agora, e por isso usam-se desse "poder" para nos tirar a palavra e a autoridade.

    Mas são ou nao são a melhor coisa do mundo????

    As chefes? Temos pena, parece que já perderam o sentimento maravilhoso da maternidade, ou se calhar nem o sentiram!

    Vive cada momento novo da tua filhota, bom ou mau vai ser recordado! Diz lá que não achas piada quando os teus pais te dizem que tu eras uma peste!??? Eu acho girissimo quando me dizem que eu fugia da escola, agora se me telefonassem do colégio a dizer isoo da minha perolazinha....ai dava me uma coisinha má!:)

    Grandes momentos são aqueles que são vividos na ignorancia do que vai acontecer, não são os momentos planeados!!!

    Bjkas
    Perola

    • 2007-12-07 19:23:20 7 Dezembro 2007 editado
    • #3

    Olá Pérola!

    Concordo em absoluto... São mesmo a melhor coisa do mundo.
    Dão trabalho, claro. Dão chatices, claro. Mas quando se vira com aquela carinha linda e diz "mamã gosto muito de ti", faz milagres :)

    As chefes... Por vezes, julgo que é "dor de cotovelo". Ou então é como dizes, já perderam o sentimento da maternidade.

    Com a minha filha, já consegui resolver o problema, quer-me parecer...
    Comecei a mete-la no quarto, como castigo para pensar no que fez ou disse e ela percebe.

    Julgo que para ela também não é fácil.
    Como costumo dizer, eu já passei pela idade delas mas ela nunca passou pela minha, logo tenho que a perceber e tentar ajudar a ultrapassar as adversidades que lhe surgirão nas várias fases da vida dela.

    Obrigado pelo conselho ;)
    Nunca nada é demais e tenho que aproveitar enquanto é pequena e ainda nos considera os seus " heróis", porque depois... Fará o que todos fizemos e ainda bem :P

    Faço questão de guardar ou escrever coisas que nos marcaram aos três. A primeira ida ao cinema, ao zoo, as coisas do colégio, os 1ºs desenhos e a 1ª vez que escreveu o nome dela, quando começou a andar, as nossas férias... Acho que vai gostar porque já agora me faz imensas perguntas e eu respondo-lhe sempre.
    E ás vezes, já não podemos com a mesma pergunta mas continuamos a responder como se fosse a 1ª vez. :|

    Mas enchem a nossa casa de PURA felicidade, não concordas ? ( sou uma mãe babadíssima :D )

    • 2008-01-02 14:44:25 2 Janeiro 2008 editado
    • #4

    Olá Isabel,

    eu também sou uma mãe babada! Melhor carregada de baba até não poder mais! :D

    E como gosto do peso da maternidade !

    Bjkas
    Pérola

    • 2008-01-02 23:12:10 2 Janeiro 2008 editado
    • #5

    Que idade tem a tua criança?

    • 2008-02-17 01:16:5317 Fevereiro 2008 editado
    • #6

    Hoje a minha filha foi pela 1ª vez andar de patins...

    Fico impressionada como as crianças, se conseguem adaptar a tudo com uma facilidade incrivel.
    E ainda bem...

    Primeiro ia muito a medo comigo e o pai a ajudá-la mas mal chegou ao ringue de patinagem, aquilo foi vê-la a deixar a barra e começar a patinar como se tivesse nascido ensinada. :D
    Somos mesmo pais- galinha... Sou incapaz de esconder o orgulho que sinto por ela e ao mesmo tempo, sinto-a cada vez mais independente o que gera um sentimento um pouco contraditório.
    É óptimo vê-la crescer, aprender e tudo isso mas vai deixar de necessitar do pai e da mãe cada vez mais.

    Estará na altura de ter outro?! :D