Participar & Escrever

    • 2010-09-08 04:41:01 8 Setembro 2010
    • #1

    Boa noite, é a 1ª vez que entro neste fórum e gostaria de saber se alguém alguma vez já se deparou com um problema semelhante ao meu.

    Há cerca de 2 anos que comecei a engasgar-me com a comida, até chegar ao ponto de não conseguir engolir a própria saliva. Foi um processo gradual, que em meia dúzia de meses fez com que eu deixasse de comer ou beber 1 gota de água que fosse durante 10 dias. Foi aí que fui ao médico, fiz exames, tudo normal, ou seja, era tudo da minha cabeça. claro que suspeitaram de anorexia, mas depressa se aperceberam k não, pois um dos meus grandes "sonhos" na vida era ganharpeso (sempre tive peso a menos).

    Conclusão: várias consultas de psiquiatria, ora era depressão, ora eram crises de ansiedade, até hoje ainda não sei o que tenho.

    Estou a ser seguida (que é como quem diz - vou lá por 5 minutos buscar receitas) por um psiquiatra do hospital, tomo 2 anti-depressivos e um ansiolitico. Melhoras? Algumas, tenho fases que estou bem mas permanece sempre o medo de me engasgar.

    Alterou-me por completo a vida, deixei de querer comer em espaços públicos, por vezes tenho que comer enquanto me movimento pq só assim consigo engolir, montes e montanhas de coisas básicas que deixei de fazer...

    Não tenho condições financeiras para andar em privados, mas gostava de deixar de tomar a medicação ( que tb me limita em muita coisa), mas tenho medo de piorar.

    Deveria eu andar num psicólogo? Será isto uma fobia alimentar? E se sim, porque a desenvolvi?

    Não sei o que fazer, sinto que há algo nos cantos mais recônditos da minha mente que despoletou este meu problema mas sozinha não vou lá, penso eu..

    Abraços


  1. Tudo o que tenha a ver com depressões, fobias e outros fenómenos relacionados com a parte mental da pessoa são complicados de lidar e compreender, até para o próprio doente. Sim, sinceramente acho que um psicólogo lhe poderia fazer bem, até porque o seu psiquiatra, pelo que diz, tem feito um trabalho que deixa muito a desejar. Não consegue mudar para outro?

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: maurobelpa2008

  2. Achei o seu caso interessante e falei com um Psicólogo amigo. Ele diz que parece ser fobia de engasgamento que tem um nome proprio que não me recordo. tem tratamento e não se trata só com medicação. Procure ajuda de um psicologo. Apenas posso indicar o que conheço (Ricarrdo Campos) - www.e-psicologia.net

    Esperoo ter ajudado.

    Ana Escoval

  3. amigo tambem tenho esses engasgos so que acontece quando estou em publico hoje so consigo sair se tiver a companhia de uma garrafa de agua mineral,imagina essa situação, tenho falta de ar, do no peito,perda de peso, medo de morrer a qualquer momento e de ter uma doença grave, uma fraquesa inesperada as veses fico com uma agonia sinto coração disparar, eu tomo cloxazolam 1 mg teve momentos que estive bem mas hoje to piorando a cada dia, o dia de amanha sempre vem uma surpresa,coisa nova ou doença nova, a unica coisa diagnosticada e que tenho uma gastrite leve, detalhe não tenho tantas condições de procurar um bom tratamento ai fico migrando de medico em medico e esperar que ele seja um pouco humanitário para tentar resolver meu problema, ja fui ate constrngido por uma medica quando entrei em seu consultorio falou ai seus olhos estão fundos e vc ta muito magro nao era essa palavra que queria ouvir e sim vc ta bem , vc não tem nada apenas sintomas psicossomáicos que vou tentar amenizar com medicamentos mas se for de alguma ajuda fique sabendo que vc não esta sosinho nesses problemas

    • 2012-06-11 14:07:3011 Junho 2012
    • #5

    Ola, como eu vos entendo. Desde 2001 que comecei a ter ataques de panico e ansiedade...procurei uma psicologa mas como os sintomas nao desapareciam, fui a um psiquiatra. Fiz tratamento com seroxat, mas a fim de ums tempos, ja nao me lembro qto tempo, o medico precreveu me cipralex, mais victan e xanax mas so em SOS. Estes 2 andam sempre comigo, just in case....Ha muito tempo, muito tempo MESMO, que tomo cipralex, ja deixei e ja voltei a tomar e sinceramente tou a pensar em deixar mas....nao sei se consigo!!!! Nao é facil e tenho sempre medo de comecar a sentir tuuuuudo outra vez!!!! Deixei de conduzir, deixei de ir a praia pq o primeiro ataque de panico foi na praia, nao conseguia respirar e o coracao sempre acelarado...psicologico ou nao, nao sei mas que se sente...ai isso sente se!!!

  4. Boa tarde,

    Também já sofri de ataques de pânico durante algum tempo. Só comecei a recuperar depois de ter iniciado consultas de Medicina Quântica. Para mim foi um alívio recuperar a minha confiança e autonomia, aliás, cheguei a pensar que já não era possível.
    Por isso faço questão de deixar o meu testemunho, acredito que da mesma forma que a Medicina Quântica foi uma óptima solução para mim, também possa ajudar muitas outras pessoas!
    A Medicina Quântica é realizada através de um aparelho que mede a informação fornecida pelo nosso organismo, inclusivamente sobre o estado das nossas emoções. Da mesma forma que conseguimos aceder a essa informação e ganhar uma melhor consciência sobre o que nos perturba, o próprio aparelho também equilibra as emoções que se encontram desequilíbradas. Muito bom!

    Boa sorte para que sofre de ataques de pânico e espero que a boa experiência que tive possa levar outras pessoas a solucionar este problema!

  5. Olá Susi ! Não imaginas a " alegria " de ter visto este teu post , e de me ter apercebido de que o que eu tenho não é de mim.
    Reparei que o teu POST foi colocado em 2010 , como estás entretanto ?
    Desde á bastante tempo tenho tido os mesmos tempos, o que me atrapalha muito na vida. Também tenho peso a menos e o que preciso mais é de comer bem , mas a verdade é que não me sinto perfeitamente bem psicologicamente para que isso aconteca.
    Muita gente me diz " isso é psicológico !" , como se fosse fácil. Fácil é falar e não imaginar , que não é só preciso força de vontade , há muita coisa por trás disso.
    Só me sinto bem a comer em casa , quando estou em espaços públicos , ao comer sinto que se forma uma espécie de gosma no cima da boca, e um aperto na garganta que nao deixa a comida passar normalmente, e daí surge sempre o medo de me engasgar ou quem sabe vomitar em público.
    Fico inquieta , e por mais que tente disfarçar pior é. Isso acontece mais vezes quando estou em espaços públicos. E não tenho qualquer forma de saber lidar com isso. Isso tem parado muito a minha vida , tenho estado muito tempo em casa , porque sei que ao sair me vai acontecer isso. E quando digo sair , digo jantar fora com o namorado , ou amigos. Estou a tomar um calmante, que de facto não faz efeito. Também preciso de ajuda, estou novamente a perder peso , por não conseguir superar isto de que é a ansiedade. Para mim está a tornar-se uma doença. Sou Portuguesa, se alguém me puder ajudar neste assunto , aqui em Portugal, agradecia imenso ! Obrigada.

  6. Olá Susi ! Não imaginas a " alegria " de ter visto este teu post , e de me ter apercebido de que o que eu tenho não é de mim.
    Reparei que o teu POST foi colocado em 2010 , como estás entretanto ?
    Desde á bastante tempo tenho tido os mesmos tempos, o que me atrapalha muito na vida. Também tenho peso a menos e o que preciso mais é de comer bem , mas a verdade é que não me sinto perfeitamente bem psicologicamente para que isso aconteca.
    Muita gente me diz " isso é psicológico !" , como se fosse fácil. Fácil é falar e não imaginar , que não é só preciso força de vontade , há muita coisa por trás disso.
    Só me sinto bem a comer em casa , quando estou em espaços públicos , ao comer sinto que se forma uma espécie de gosma no cima da boca, e um aperto na garganta que nao deixa a comida passar normalmente, e daí surge sempre o medo de me engasgar ou quem sabe vomitar em público.
    Fico inquieta , e por mais que tente disfarçar pior é. Isso acontece mais vezes quando estou em espaços públicos. E não tenho qualquer forma de saber lidar com isso. Isso tem parado muito a minha vida , tenho estado muito tempo em casa , porque sei que ao sair me vai acontecer isso. E quando digo sair , digo jantar fora com o namorado , ou amigos. Estou a tomar um calmante, que de facto não faz efeito. Também preciso de ajuda, estou novamente a perder peso , por não conseguir superar isto de que é a ansiedade. Para mim está a tornar-se uma doença. Sou Portuguesa, se alguém me puder ajudar neste assunto , aqui em Portugal, agradecia imenso ! Obrigada.

    • 2013-08-22 23:12:4522 Agosto 2013
    • #9

    olá a todos chamo-me Inês e sofro de ansiedade generalizada , fobias variadas ,ataques de panico e despersonalizações e desrealizaçoes , que me tem limitado a vida por completo , não consigo estar em lado nenhum descansada , só mesmo em casa e mesmo assim por vezes sinto-me mal , ja estive em varios psicologos durante anos e nunca nenhum conseguio descobrir a causa e tratar o meu problema , eu tenho estudado o meu caso ao longo de 14 anos e não consigo arranjar solução para tanto medo , porque eu chego a ter medo do proprio medo , tenho sofrido imenso e não suporto mais , apesar de estar medicada com antipsicoticos ,antidepressivos , calmantes , isto nao passa de maneira nenhuma , por vezes fico tao desesperada que só penso em morrer , preciso de ajuda e não sei a quem me dirigir ! pff se alguem sabe de uma forma de controlar isto , diga-me , porque eu estou a dar as ultimas! :,(

  7. Ola Nezzy,
    tambem sofro do teu mal. O que entendes por despersonalizacoes e desrealizacoes?

    data-ad-client="ca-pub-8057434045421582" data-ad-slot="3064784842">
  8. Olá a todos, pretendia a vossa ajuda. Ultimamente ando com umas tonturas e fico irriquieto, não consigo estar parado e sossegado, o que ajuda e viçtan. No entanto não aei que diga. Isto aconteceme assim sem mais nem menos, eu não pendo em nada para isto acontecer. Mas quando acontece o que me vem à cabeça e:
    - ir para um hospital (sofrer lá como tenho sofrido quando vou lá por causa de intestino irritado e outras coisas que já fui la parar).
    - depois do penso que meus pais um dia vão morrer e não sei que vai ser de mim.
    - quero ter um filho, mas não me sinto preparado, tenho medo de com os meus problemas não o conseguir acompanhar como devo.

    Resumindo tenho a cabeça a (bater mal), por mais que não queira pensar em nada disto, tenho de pensar e piora tudo.

    Obrigado

  9. Boa noite!

    Eu também, ha muito tempo sofro de transtorno de ansiedade, fobia baixa auto estima, já fui em vários psicólogos mas não consegui resolver meu problema.
    quase não saiu de casa , não tenho muitos amigos pois sou muito tímida, no trabalho tenho muita dificuldade de me relacionar fico muito nervosa, tenho medo de ser avaliada
    negativamente. Sou muito insegura e não tenho nenhuma auto confiança. obrigada pelo site tenho fé em deus, que vou conseguir sair dessa.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: mmaria

    • 2015-04-18 01:26:4618 Abril 2015
    • #13

    Olá Fernanda, eu sofro de crises de ansiedade e ataques de panico um mau estar constante! não consigo abrir as regras deste forum, por isso não sei como podia-mos trocar algum contacto para dividir-mos o que me atormenta a mim e a ti, como a tantas outras pessoas! gostava muito de poder falar sobre isto com alguem e identifiquei-me contigo pelo que escreveste, por não conseguir ter uma amizade, devido as minhas crises! aguardo resposta. melhoras e boa sorte

  10. Olá boa tarde a todos, sei que já passou algum tempo desde estes comentários....
    eu também acho que sofro de ansiedade generalizada, irei descobrir em breve.. Desde há 5 meses que não sossego a alma.. Queria partilhar experiências, já que alguns de vocês sabem o que têm, e ver se enquadram com as minhas
    :bored:
    Se alguém quiser falar fora do fórum, mail, msg.. fica aqui.

    Andrefilipe-@outlook.pt