Participar & Escrever

    • 2010-03-08 12:35:24 8 Março 2010 editado
    • #1

    Olá a todos.
    Tenho algumas dúvidas e gostaria de obter algumas opiniões.

    Arranquei um dente em Julho do ano passado. O dentista imediatamente sugeriu fazer um implante no prazo máximo de 4 meses. Fiz os exames necessários (ortopantomografia e TAC), mas contudo fiz um seguro dentário e mudei de dentista pois o anterior não tinha protocolo com qualquer seguradora. O preço do implante era de 1500 euros e com o seguro ficaria em 1025 euros.

    Por sua vez, o novo dentista diz que devo esperar mais tempo para que o osso se forme e ainda estou à espera que me chame para fazer o implante. Sei que estas coisas variam de caso para caso mas acho estranho obter opiniões tão diferentes.

    Neste momento estou a desanimar com a opção do implante e uma vez que tenho muitos outros dentes para tratar e estou a pagar quase 50 euros por cada consulta, repensei o problema.
    Por uma questão financeira, estou a pensar em optar por uma prótese esquelética removível (um dente postiço com um gancho metálico que encaixa nos dentes vizinhos). O dentista diz que não é confortável porque tenho que tirar sempre para lavar e voltar a colocar.

    Gostaria de saber se alguém já colocou uma prótese removível com apenas 1 dente, se a habituação é muito difícil e se depois dá muito trabalho a colocação, ou se passa a ser algo rotineiro com o qual se lida perfeitamente bem?

    Eu sei que o implante não tem comparação, mas do preço do implante para o preço da prótese vai um agrande diferença... :impatient:

    Obrigada desde já por todo o vosso feedback.
    :)


    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: vitacentro

    • 2010-03-08 17:14:45 8 Março 2010
    • #2

    Qual é mesmo a diferença de preço entre as duas soluções?

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: froguito

    • 2010-03-08 18:33:16 8 Março 2010
    • #3

    A diferença de preço é de 865 euros. O implante ficaria a 1025 euros e a prótese a 160 euros (com seguro).

  1. não coloque isso com arames, só lhe vai dar trabalho e problemas depois,
    é uma protese fixa? para contemplar um dente? eu fiz uma fixa-ponte, ou seja colmatar um dente que não tinha, apoiada nos dois adjacentes, não me estou a dar mal.

  2. Era tudo tão mais fácil se a medicina dentária estivesse abrangida pelo SNS...

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: MariaM

    • 2010-03-09 11:46:35 9 Março 2010
    • #6

    Sim, no meu caso é para contemplar só 1 dente e a prótese é removível.
    O dentista disse-me que a prótese fixa (ponte) era muito mais confortável mas que estragava os 2 dentes adjacentes e que o preço era quase o preço do implante. Por isso, ele aconselhou o implante em vez da ponte.

    • 2010-03-09 11:48:32 9 Março 2010
    • #7

    Já agora, Fernando, pode dizer-me quanto pagou pela sua ponte? Obrigada.

  3. pelo que me disse o meu dentista não estraga os dentes adjacentes, tem é de tirar uma área à volta de esses dentes para encaixar a prótese,
    em termos de ponte há duas opções: dentes metal-cerâmicos e só cerâmicos, os cerâmicos só são mais caros, posso disser quanto dei sim, dei 900€ com tudo incluido, consultas, moldes etc, se fossem ceramicos eram mais trezentos euros se não me engano, a diferença é estética à luz os metal-ceramicos podem ficar ligeiramente mais escuros.
    eu não optei por implante porque faz-me impressão mexerem no osso, já tive grandes problemas com "osso de dente".

    • 2010-03-09 15:25:54 9 Março 2010
    • #9

    Obrigada Fernando.
    De facto a ponte fica algo mais barata do que o implante.
    A nível de osso, não conheço ninguém que tivesse problemas, contudo tenho uma ligeira desmineralização óssea e tenho medo que o implante não seja bem assimilado. O dentista diz que nesse caso pode colocar osso preparado em laboratório, mas tenho medo que isto ainda torne mais caro o tratamento, apesar de me dizerem agora que são apenas os 1025 euros.
    Acho que vou pensar na opção da ponte fixa e vêr quanto fica com o seguro...

  4. eu falei de problemas de osso mas não foi num implante foi de outra situação, mas as dores e os problemas que tive deixam-me deveras relutante em mexer em mais osso, deixam mesmo, talvez um dia mude de ideias mas agora tudo que mexer com osso dos dentes/maxilar evito tudo.
    pergunte ao seu médico o orçamento total, o meu dentista deu-me logo o orçamento total, e ainda desvitalizei um dente da ponte.

    data-ad-client="ca-pub-8057434045421582" data-ad-slot="3064784842">
  5. Boas,

    Vamos por partes:
    alpere
    "Por sua vez, o novo dentista diz que devo esperar mais tempo para que o osso se forme e ainda estou à espera que me chame para fazer o implante. Sei que estas coisas variam de caso para caso mas acho estranho obter opiniões tão diferentes."
    - A colocação de implantes não tem um só protocolo. O implante poderia mesmo ter sido colocado logo no instante em que fez a extracção do seu dente. Deixar passar demasiado tempo é que não é benéfico. Vai começar a haver perda ossea e isso pode condicionar a colocação do implante.
    "Gostaria de saber se alguém já colocou uma prótese removível com apenas 1 dente, se a habituação é muito difícil e se depois dá muito trabalho a colocação, ou se passa a ser algo rotineiro com o qual se lida perfeitamente bem?"
    - Exige habituação é claro, e alguns cuidados extra com a higiene. A colocação é extramamente fácil e rotineira. Entre não ter nada e ter a a prótese removivel, é claro que é muito vantajoso ter a prótese.
    "O dentista disse-me que a prótese fixa (ponte) era muito mais confortável mas que estragava os 2 dentes adjacentes e que o preço era quase o preço do implante. Por isso, ele aconselhou o implante em vez da ponte."
    Eu digo quase o mesmo. Hoje em dia não se justificam as pontes, até porque o tempo "de vida" útil é bem menor que o dos implantes. Só se justificaria se por exemplo os dentes adjacentes tb estivessem bastante danificados e aí a colocação de coroas tb seria benéfico para eles, caso contrário não se poderá dizer que se "estragam" os dentes, mas que há um certo comprometimento dos mesmo isso há. E o preço fica ela por ela.

    Fernando:
    "posso disser quanto dei sim, dei 900€ com tudo incluido, consultas, moldes etc, se fossem ceramicos eram mais trezentos euros se não me engano,"
    - Esse preço foi um "achado"! Sem qualquer seguro?? 3 coroas e uma desvitalização por esse preço...
    "eu não optei por implante porque faz-me impressão mexerem no osso, já tive grandes problemas com "osso de dente". "
    O procedimento e o pós-operatório da colocação de um implante unitário é mais facil do que na extracção de um dente...

    Disponham

    • 2010-03-17 13:42:4717 Março 2010
    • #12

    Eu tb pus uma ponte (totalmente cerâmica), uma solução óbvia porque tinha o dente de trás tratado e o dente da frente reduzido quase só à raiz. Ficou muito bem (como se tivesse 3 dentes novos!) e paguei 950 euros, mas isto só da parte ortodôntica porque a dentista não me leva dinheiro pelas consultas (é uma pessoa conhecida).
    Do outro lado tenho falta de um dente mas nunca pus nada e já lá vão anos. Não se se vale a pena mexer...mais tarde ou mais cedo, enfim, seguir-se-ão outros (tarde seja)!

    • 2010-03-17 23:29:4317 Março 2010 editado
    • #13

    "uma solução óbvia porque tinha o dente de trás tratado e o dente da frente reduzido quase só à raiz. Ficou muito bem (como se tivesse 3 dentes novos!)"
    - Exacto. Com esse quadro, é a opção correcta.

    "paguei 950 euros, mas isto só da parte ortodôntica porque a dentista não me leva dinheiro pelas consultas (é uma pessoa conhecida)."
    - Deve quer dizer que só foram cobrados os custos protésicos (ortodontia é outra coisa, são aqueles aparelhos para corrigir o mau posicionamento dentário). A avaliar pelo que o Fernando gabriel pagou, parece ter pago algo mais que apenas os custos das próteses...

    "Do outro lado tenho falta de um dente mas nunca pus nada e já lá vão anos. Não se se vale a pena mexer...mais tarde ou mais cedo, enfim, seguir-se-ão outros (tarde seja)!"
    - Claro que vale a pena colocar o dente! Não colocar nada é o primeiro passo para que de facto possa perder outros dentes. E digo possa, pois não percebo mesmo essa ideia expressa por si da quase inevitabilidade de perder mais dentes... Porque??!!

  6. "- Esse preço foi um "achado"! Sem qualquer seguro?? 3 coroas e uma desvitalização por esse preço..."
    aliás duas desvitalizações, as duas dos dentes pilar, e prótese vinda da alemanha...

    ""eu não optei por implante porque faz-me impressão mexerem no osso, já tive grandes problemas com "osso de dente". ""
    "O procedimento e o pós-operatório da colocação de um implante unitário é mais facil do que na extracção de um dente..."

    sim mas vá falar isso a outro, quem não tenha sofrido realmente com dentes...é tudo muito fácil mas quem fica com dores e sem dentes é o paciente.
    eu por acaso já extrai um canino bem incluso e um siso ao mesmo tempo, e foi uma brincadeira, mas depende de quem o faz.

    • 2010-03-24 13:22:4824 Março 2010
    • #15

    olá eu sou novo aqui neste blog de conversaçao.
    O meu nome é Kevin e sou técnico de protese dentaria, na verdade os implantes e tudo o que se refere a protese fixa é muito mais confortável para o paciente, ue uma prótese removível. Os preços os médicos é preciso escolher bem ou ter já uma boa referencia. Abraços:big_grin_squint:

    • 2010-03-26 00:32:5826 Março 2010
    • #16

    Fernando

    Perdoe-me mas ao ler o seu comentário não pude deixar de me rir... Não leve a mal e embora tenha a sua razão, esta parte "é tudo muito fácil mas quem fica com dores e sem dentes é o paciente." fez-me chorar a rir :big_grin_squint:

    E concordo com o que escreveu acerca de depender do Ortodoncio ou estomatologista que faz seja a aplicação de prótese dentária ou do tirar um dente...

    Posso dar um exemplo que se passa comigo... O consultório onde a família ( somos 3) vai tem 3 médicos dentistas.
    Optei por este porque para além de serem bons médicos, um deles é especialista em aplicação de próteses dentárias e o outro é especialista em aplicação de aparelhos dentários e por fim a dentista que por enquanto é dos 3 mas se a minha filha necessitar de aparelho, passa para o especialista da aplicação dos mesmos.

    Também tive que retirar um siso que estava bem "enterrado" e que bem anestesiada correu bem mas tive uma colega minha que teve que levar pontos e teve umas dores desgraçadas.

    É como diz o Kevin, tem que se escolher bem tanto os médicos, como os técnicos e os preços... porque por vezes o barato sai caro.
    É como tudo na vida.... :wink:

    • 2010-03-26 11:40:3426 Março 2010
    • #17

    A questão da dor depende do médico dentista, sim, mas também depende (e muito!) da sensibilidade individual. Eu não me considero "mariquinhas", e já passei por múltiplos tratamentos que implicaram bastante resistência à dor (por ex., injecções subcutâneas foram mais de 40 as que dei a mim própria...). No entanto, no que se refere a dentes, sofro horrores...
    Tirei 2 dentes (nada de sisos, basicamente dentes que se foram desfazendo até ficarem sem remédio), cada um com o seu dentista e com uns 10 anos de diferença...das 2 vezes foi terrível, mesmo com a dose cavalar de analgésicos que me foi receitada. Ao fim de umas 3 horas já me torcia com dores e isto durante uns 5-6 dias e não os 2 ou 3 que era suposto. Mesmo nas desvitalizações, com uma dose elevada de anestesia, sinto dor!
    Portanto, compreendo bem o Fernando...tem a minha solidariedade!

    • 2010-03-27 01:18:5127 Março 2010
    • #18

    Becas

    Será que as anestesias aplicadas a si nada lhe fazem ou fazem pouco?
    Pergunto isto porque a minha cunhada, teve a sua dose de anestesias por muitos anos por graves problemas de saúde... Resumindo, desde os 11 anos que era intervencionada duas vezes no ano por uma queda em que fracturou a cabeça do fémur e mais tarde infeccionou e dando origem aos 20 e tal anos finalmente a uma prótese... e para ela nunca são suficientes.
    Chega mesmo a dizer que consegue sentir tudo...

    Ao colocar o seu último paragrafo, percebi que me expressei mal quanto ao que o Fernando escreveu e peço desde já as minhas desculpas.
    Não queria de modo algum parecer insensível mas a expressão utilizada fez- me sorrir por a considerar perfeita!

    Fernando, ficam aqui as minhas desculpas :smile:

    • 2010-04-11 00:13:3411 Abril 2010
    • #19

    Olá a todos.
    Já não venho aqui há algum tempo...
    Quero agradecer ao Fernando e ao Pedro A. pelos comentários.

    Além disso, quero comunicar-vos que optei pelo implante o qual realizei na semana passada. Estava com um pouco de medo por 2 razões: risco de rejeição e que a altura de osso tivesse diminuído (já tinha feito o TAC há cerca de 4 meses). No entanto, tudo correu ás mil maravilhas, é um procedimento rápido e simples e não tive quaisquer dores :)
    O implantologista tirou vários raios-x e mediu a altura do osso na hora (com um software próprio) pelo que a altura de osso estava assegurada. Por agora está a correr tudo bem, já acabei de tomar a medicação e não tive nem tenho dores. Além disso também posso utilizar a zona do implante para mastigar desde que não seja algo muito duro claro.
    Estou muito contente com a opção que tomei e penso que a nível de preço ficou muito mais em conta por causa do seguro (menos 475 euros que o normal).

    Contudo, tenho ainda mais 2 dentes que muito provavelmente têm uma infecção debaixo das raízes e o dentista diz que a extracção pode acontecer. Tenho medo de perder mais dentes pois não sei se vou poder fazer mais implantes devido ao preço... O dentista diz que só se extrai em último caso, vamos ver o que se pode fazer por esses dentes... Alguém sabe se há alguma cirurgia (através da gengiva) para tratar estas infecções sem arrancar os dentes?

    Só para acabar, adorei o comentário do Pedro "E digo possa, pois não percebo mesmo essa ideia expressa por si da quase inevitabilidade de perder mais dentes... Porque??!!". :)
    E digo isto porque há pessoas que me dizem que estou a gastar dinheiro num implante e depois vou perder muito mais dentes com a idade e não vou poder fazer implantes para todos. Eu quero mesmo pensar que isso não vai acontecer, pois as visitas regulares ao dentista são essenciais... Já agora Pedro, pela maneira como fala, é dentista? Parece saber imenso de qualquer assunto...

    Cumprimentos a todos.

    • 2010-04-11 01:01:5311 Abril 2010 editado
    • #20

    Alpere, fico contente por tudo ter corrido bem, e ter verificado que de facto a colocação de um implante unitário é regral geral, um procedimento bastante simples para o paciente.Quanto às suas questões, esses dentes com infecções estão já desvitalizados ou ainda não? Se não, em principio esse será o passo a dar. Fazer a desvitalização dos mesmos, em que entre as sessões será deixado um medicamento dentros dos canais das raizes para tentar resolver essas infecções. Normalmente resulta...
    Caso já estejam desvitalizados, pode ser feito o Re-tratamento dos mesmos, para da mesma forma que descrevi anteriormente se tentar resolver essas infecções.
    Caso numa solução ou na outra nao se conseguir eliminar totalmente as infecções, pode-se então (em certos casos!) fazer uma cirurgia, abrindo a gengiva e o osso na zona afectada, limpando muito bem o osso nessa zona e cortando a ponta das raízes desses dentes (chama-se apicectomia e este procedimento), tentando eliminar qq foco de infecção que persista.
    Ou seja, ainda estarão longe as extracções... :)

    Quanto à inevitabilidade de perder dentes, isso de facto é ridículo! E se entramos no jogo de já perdi um, nao vale a pena colocar porque vou perder mais, isso sim é o principio do fim...

    Alpere, tenho a certeza de que qd tiver este seu implante completamente finalizado (com coroa colocada), e começar a utiliza-lo na mastigação (nao sei se é esteticamente relevante ou nao, pois nao nos disse q dente era), vai de imediato começar a poupar mais uns euritos para colocar os outros... O que um sorriso saudavel e bonito pode fazer por uma pessoa só é verdadeiramente valorizado por quem já os perdeu!

    Sim, sou dentista... :)

  7. Consultório Médico
    Próteses dentárias removíveis, as famosas “placas”…

    A perda de dentes leva a um desconforto no indivíduo que muitas vezes conduz à diminuição da sua auto-estima. Esse desconforto é resultado da alteração a nível mastigação e a nível da estética. Consequentemente, surge a necessidade de substituição dos dentes perdidos, de modo a permitir um equilíbrio estético e funcional.

    Assim sendo, a substituição dentária pode ser obtida recorrendo a: prótese removível ou prótese fixa. As próteses removíveis são, tal como o nome indica, dispositivos que o paciente pode remover e que substituem os dentes, são as famosas “placas”. As próteses fixas são dispositivos que substituem os dentes, cimentados ao remanescente dentário, são exemplos as pontes e as coroas. O uso de cada tipo de prótese depende de caso para caso, dependendo de factores como o tabagismo, a higiene oral, o estado das peças dentárias, o grau de colaboração do paciente, presença de patologias (osteoporose, diabetes...), entre outros.

    Cada vez mais se recorre ao uso de implantes, pois é um tratamento de reabilitação com grandes taxas de sucesso, porém, o uso de próteses removíveis continua a ser utilizado com elevada frequência, principalmente por serem dispositivos menos invasivos e mais baratos que os fixos e consequentemente mais aceites pelos pacientes.

    As próteses removíveis podem ser totais, quando substituem todos os dentes numa arcada (mandíbula ou maxila), ou parciais quando substituem alguns dentes numa arcada. Podem ser acrílicas ou esqueléticas (estrutura metálica), salientando que as acrílicas devem ser utilizadas apenas como próteses provisórias.

    Inicialmente, quando se coloca uma prótese removível, o paciente tem que ter um período de adaptação no qual, é comum que:

    - Surja a sensação de presença de um corpo estranho na boca;

    - Haja uma produção de saliva maior que o normal;

    - A fala fique um pouco diferente;

    - Morda as bochechas;

    - Sinta dor e desconforto nas zonas de apoio das próteses.

    Devem ser tomadas as seguintes medidas:

    - Fazer o controlo periódico da prótese no médico dentista;

    - Dormir sempre sem próteses (de modo a permitir descanso da gengiva e evitar aceleração da reabsorção óssea);

    - Fazer a correcta higienização das próteses (sabão azul com escova própria para lavagem de próteses ou escova das unhas);

    - Fazer rebasamento (enchimento) das próteses ou fazer prótese novas quando necessário, pois o osso está em constante remodelação e as próteses não duram para sempre;

    - Mastigar para ambos os lados, e inicialmente fazer uma dieta mole, aumentando a dureza dos alimentos gradualmente.

    Se os dentes não forem repostos podem surgir problemas como disfunções a nível da articulação temporo mandibular (junto ao ouvido), acompanhado de estalidos e dor nas articulações; problemas a nível gástrico, devido à incorrecta mastigação que faz com que os alimentos ingeridos não sejam bem “triturados”; diminuição da auto-estima muitas vezes associados à falta de dentes em locais mais estéticos; problemas sistémicos devido ao desequilíbrio na dieta por dificuldade mastigatória, entre outros.

    O uso incorrecto de próteses dentárias removíveis apresenta um elevado factor de risco para o desenvolvimento de cancro oral, nomeadamente devido ao facto de as pessoas não tirarem a prótese à noite para dormir e também devido ao adiamento da visita ao médico dentista quando existe alguma lesão causada pela prótese. É necessário ter muito cuidado, pois existem lesões que são dificilmente identificadas pelo indivíduo comum.

    Ao usar prótese dentária removível saiba o porquê de a usar, como usar e os cuidados a ter de modo a evitar danos no futuro.

    Fonte:http://www.novaguarda.pt

  8. se vos contasse com o que já passei com os dentes e não não é de dizer, por isso disse aquilo, é que era sempre tudo muito fácil, muita teroria, o problema é saber fazer, cuidado mesmo, o mercado de profissionais dentistas na minha experiência anda realmente muito mas muito mau, aliás um pouco como tudo.
    se quiserem indicações já tenho uma grande panóplia de dentistas, bons e maus, alias bons poucos mesmo.

  9. Boa tarde. Antes de tudo quero felicitar este forum, que me parece ser do mais simples e intuitivo nesta área. Depois de verificar os conhecimentos acima apresentados, arrisco também a colocar o meu problema:

    Na semana passada fui com um familiar a um dentista e ele recomendou a colocação de umas "pontes" nos lugares em falso. Daí para cá tenho investigado sobre o assunto, mas no entanto ainda tenho algumas dúvidas:

    - Preço: 400€ por dente. Uma ponte 2+2, que aproveite os 2 dentes das extremidades, mais os 2 dentes "novos" do meio, fica por 1600€.
    É caro, ou está dentro da média?

    - Seguros: tenho procurado informação na net, no entanto os termos dos preçários são muito técnicos.
    Estes seguros funcionam por comparticipação? Isto é, pagam certo montante pré-estabelecido, por tratamento?
    - No geral, para uma despesa a rondar os 4000€ ( neste tipo de implantes) num espaço de um ano, compensará ter seguro dentário?

    Peço desculpa pelo não uso dos termos técnicos adequados, mas uma das dificuldades - para um leigo - deste tipo de situação é a dificuldade em comparar preços e tipos de tratamento, devido à falta de informação disponível na internet, mesmo ao nível das seguradoras.

    Obrigado.

    • 2010-04-16 00:56:2316 Abril 2010
    • #24

    Olá.
    Pedro, fico contente por saber que é dentista e obrigada pelo seu feedback :) Há certas dúvidas que só realmente um profissional consegue esclarecer. Eu sou curiosa e gosto de saber o trabalho que está a ser efectuado e a maioria dos dentistas a que tenho ido dão respostas evasivas e nem se preocupam em explicar nada. E como disse o Fernando também há maus dentistas. Eu, infelizmente, tb já passei por alguns aos quais se devem as infecções que tenho actualmente.
    Relativamente a esses dentes nos quais possuo infecções penso que um está desvitalizado e outro não. Espero mesmo que consiga resolver essas infecções sem ter que extrair.
    Em relação ao implante, não é esteticamente relevante porque é um 1º molar mas a nível de mastigação é essencial, e uma vez que tenho 28 anos e sentia imenso a falta desse dente na mastigação acho que tomei uma boa opção.

    CivisMiles: relativamente ás suas dúvidas, eu também efectuei uma pesquisa extensiva sobre esse assunto :) lol Contudo não sou especialista e posso apenas comentar acerca das informações que encontrei.
    Os preços que obtive para 1 coroa rondavam os 450 a 500 euos, por isso o valor que indicou parece estar na média. Sendo assim, a ponte levaria 4 coroas e ficaria em 1600euros o que me parece adequado e até algo mais barato do que os preços que vi. Tenha atenção porque a esse preço falta adicionar a desvitalização dos 2 dentes pilares que sustentarão a ponte (se ainda não estão desvitalizados) e os preços das consultas.
    Agora, seguros... fiz uma pesquisa que me deu imenso trabalho e não fácil chegar a uma conclusão.
    Contudo, optei pelo seguro da Tranquilidade (Sanos Sorriso) porque paga 475 euros do implante que fiz. Assim paguei apenas 1025 e pagaria 1500 sem seguro. Mas o que eu acho é que para consultas normais este seguro não me compensa absolutamente nada, por vezes penso que até pago mais de consulta do que se não tivesse seguro. Assim que acabar o implante e não tiver mais implantes programados vou rescindir o contrato.
    Por isso, o melhor é ver muito bem para o que vai usar o seguro, porque o montante comparticipado depende do tratamento.
    Faça como eu e vá a um agente de várias seguradoras, faça simulação e peça a tabela de comparticipações.
    Tenha muita atenção que alguns têm períodos mínimos de carência e outros têm um montante máximo que comparticipam anualmente, embora nunca refiram isto ao cliente, convém mesmo perguntar.
    No meu caso, obtive respostas diferentes para os mesmos seguros, há mesmo que perguntar e ser insistente, porque com esta matéria de seguros o prejudicado é sempre o cliente...
    Boa sorte... :)

    Boa noite a todos.

  10. Olá Alpere.

    Quanto à ponte os 1600€ já incluem todo os custos com consultas e desvitalização. De facto não me parece dos mais caros, mas quando falamos de 9 coroas fica por cerca de 3500€. Por este valor já me parece adequado ter seguro. O problema é que as seguradoras funcionam só com as suas clínicas e pelo que me parece com preços mais caros mesmo com seguro.

    Quanto aos seguros existem tenho ainda duas dúvidas:

    Qual o termo técnico para definir ponte ou coroas para pontes? Ando ás aranhas com os termos técnicos dos preçários das seguradoras.

    Nos preçários das seguradoras, aparecem valores por tratamento. Esses montantes são o valor da comparticipação da seguradora independentemente do valor do tratamento que o dentista levar, ou são exactamente o custo da consulta que temos de pagar?

    De resto é como dizes Alpere, as seguradoras são muito evasivas. Eu ando a contactar algumas por email mas para já ainda só me enviarem formulários de adesão :not_entertained:

    Obrigado pelos esclarecimentos

    • 2010-04-23 00:45:4323 Abril 2010
    • #26

    Olá, boa noite.
    De facto, nesse caso a ponte não parece cara. Contudo 9 pontes já é um valor razoável, embora inferior ao preço dos implantes. No meu caso tive que mudar de clínica quando fiz o seguro e também já tentei uma clínica que tinha seguro mas não comparticipava implantes. Enfim, você tem que escolher um seguro e uma clínica que faça tratamentos com seguro (veja as clínicas na base de dados da seguradora e telefone para lá antes).
    O termo técnico para definir coroa é mesmo coroa e para definir ponte é prostodontia fixa.
    Com base na minha apólice os termos que conheço são: exodontia = extracção de dentes; dentisteria = tratamento de cáries e restaurações; endodontia = desvitalização; prostodontia removível = próteses removíveis (placas); prostodontia fixa = pontes; ortodontia = colocação de aparelho.
    Quanto aos pagamentos, normalmente o preço que aprece na apólice é um co-pagamento fixo que deve ser pago pelo cliente e não pelo seguro. Penso que é assim com todos.
    Relativamente ás coroas, penso que compensa optar pelo seguro. Com o seguro que tenho o preço de uma coros metalocerâmica é de 240 euros (que eu teria a pagar), o que é bem inferior aos 400 ou 500 euros.

    Em vez de enviar e-mails para as seguradoras, vá falar directamente com os agentes e peça a tabela de comparticipaçoes de cada uma antes de escolher.

    Cmp.

    • 2010-04-23 15:49:3323 Abril 2010
    • #27

    Olá a todos, especialmente a si Pedro....
    Eu fiz recentemente-2 Março, 6 implantes (2 em cima dum lado,2 em cima do outro lado e 2 em baixo), correu tudo bem, fui medicada não tive infeções nem dores, estive de "baixa" 2 dias é verdade,mas a partir daí tudo melhorou!
    ___ Agora a questão é:-a minha médica disse-me para marcar nova consulta em 3 meses para colocar as coroas..... mas não haverá outro passo antes? Ex. fazer a cor correspondente? Simular o tamanho? Aplicar uma especie de rosca onde a coroa vai encaixar?
    - Tudo isto são expectativas ,moro no interior a clinica fica a (80 km.) ...
    - Não usei seguro, será que vale a pena?

  11. Olá Ziga.
    Coloquei 1 implante há 1 mês como já disse atrás e hoje fui á 2ª consulta. O dentista programou 4 consultas: a 1ª para colocar o implante no osso, a 2a e a 3ª paa fazer os moldes e a última para colocar a coroa. O implante demora 3 meses a osteointegar e após esses 3 meses é que é seguro colocar a coroa (contudo, existem também os chamados implantes de carga directa em que colocam a coroa no mesmo dia).
    No seu caso, talvez a dentista tenha já tirado os moldes na 1ª consulta após fazer o implante, por isso talvez não seja necessário a consulta intermédia? O que me disseram é que existia uma peça que fazia a ligação entre o parafuso e a coroa. E o parafuso penso que já possui uma rosca interna no interior.
    Quanto ao seguro, valia a pena. Foi precisamente por causa de fazer 1 implante que eu fiz seguro, ficou 475eur mais barato.
    Telefone á sua médica e esclareça bem todas as dúvidas acerca do número de consultas...

    • 2010-05-03 22:30:18 3 Maio 2010
    • #29

    Obrigado,pelo conselho, mas quanto ao seguro já não vou a tempo.... Já paguei a fatia maior!!!!

  12. olá
    quando dizem que uma ponte custa 400 euros significa que sáo 3 vezes 400 (dentes adjacentes +dente em falta) ou é só 400 euros por tudo?
    obrigado

    • 2010-05-10 19:38:1610 Maio 2010
    • #31

    Boa tarde,
    tenho os 2 dentes da frente fracturados há alguns anos, e desde aí que estão restaurados com massa. Mas, para além do incomodo de estarem constantemente a ficar manchadas, um dos dentes (o que ficou mais partido) está a lascar, e a deixar de ter suporte para a restauração, pelo que a minha médica dentista me aconselhou a colocação de implantes. Tenho uma avaliação já marcada, mas tenho algumas duvidas.

    Será que é a melhor opção? Sendo que tenho uma dentição saudável (logo, suponho ter osso que suporte o implante) o preço por dente ronda os 1500 euros? Como é o processo? Alguém sabe se por serem dois dentes poderá haver algum tipo de desconto?

  13. Anónimo,

    São 400€*3.

    Entretanto na saude prime fazer a 230€ o dente, numa clínica á nossa escolha.

    Parece-me bom de mais para ser verdade.

    Alguém já usou este serviço?

  14. Meus Caros,

    Há muito que se distorce o conceito de seguro, especialmente o de saúde. Andam aí a dizer que se fizermos um seguro automóvel podemos bater nos outros carros à vontade e arranjar o nosso carro e o dos outros de graça desde que se vá a uma oficina da LISTA. Ficaria desconfiado que a oferta fosse essa ... Nos seguros de saúde é isso que vos oferecem, pagam por exemplo 100€ur por ano e fazem tratamentos dentários e pagam menos 30 a 50% pelo valor real do tratamento... nunca pensaram "o que é que ganha a companhia de seguros?". Bem a companhia de seguros ganha os 100 €ur, e só gasta o valor a vos dar um cartão de PVC de imprimido a 4 cores frente e verso, uma lista com os prestadores e bom .... toca a gastar... Esperem ... se a companhia não paga ao médico, bemmm .... uhhhhh.... quem assume o prejuizo é o médico ... Coitado!!! Coitado não pois eles compram o material para "os das seguradoras" mais barato 30 a 80%, vindo da china, turquia, paquistão, brasil, etc... e se querem que vos diga, na minha boca nem pensar!!! Pois é, agora chegam à conclusão real, quem perde, quem tem o prejuizo são os utentes do seguro, os médicos por vezes até ganham mais e as companhias sorriem excepto vçs pois quando os alicerces não são bons a casa vai a baixo... Não se esqueçam que mais de 50% do custo de medicina dentária é o material e este é responsável pelos nossos pequenos "milagres"!!!
    O seguro deve ser usado no caso de acidente, de um inesperado, é esse o conceito de seguro e não é sujeito "às listas" pois se assim for ... bem já leram a explicação. Espero que tenham percebido a informação de quem vive por dentro e tem um conhecimento profundo do assunto

    • 2010-06-04 12:19:25 4 Junho 2010
    • #34

    Então, dentro do mesmo consultório há uma diferenciação na aplicação de material entre cliente "com seguro" e cliente "sem seguro"?

  15. claro que sim... imagine que por exemplo a Médis Paga 17 €ur por uma restauração, isto é, o doente 10 e a médis 30 dias depois mais 7 €ur, contando com uma percentagem do médico de 50% (8,5 €ur) sobram 8,5 €ur para lucro, custo do material, custo hora do consultório e assistente, se reparar é menos que se calhar paga no seu barbeiro para lhe cortar o cabelo e ele não tem gastos de qualquer tipo de material XPTO. É lógico que 8,5 €ur é um valor que facilmente se gasta em bons materiais apenas numa consulta mas para valores mínimos de 40 a 50 €ur o tratamento... Atenção à piores, especialmente aqueles seguros só para dentes. Se vissem fios de sutura a meio em copos de desinfectante, anestesias a meio na caixa das novas , etc... depois queixem-se a pressão do preço é vossa !

  16. Olá a todos.
    Estou com algumas dúvidas e gostaria de obter algumas opiniões.

    Começei um tratamento de ponte cimentada com coroas de mataloceramicas,
    visto não ter molares.
    Como tenho dificuldade em mastigar o médico sugeriu este tratamento.
    Tambem não tenho osso para implante.
    Só nos caninos e incisivos.
    A minha duvida é:
    Como isto é doloroso (não é que seja os desgastes ) mas sim, ter que
    meter espigões, o que já me tirou a vontade de continuar.
    Por esta mesma razão gostaria de saber se os dentes do maxilar inferior,
    (onde tambem não tenho molares) podem vir a sofrer estrago com
    a mastigação das coroas metalo ceramicas.
    Este processo de cimentar as coroas ás gengivas e aos dentes desgastos,
    para futuro não vai escurecer ou danificar a raiz?
    (os dois ultimos molares da ponte vão ficar sem apoio de dente adjacente
    por isso tive de desgastar todos os dentes para dar apoio a estes
    mesmos.)

    Obrigada

    Ana da Conceição

  17. Boa Tarde,

    Quando não temos massa óssea esta pode ser regenerada para colocar os implantes dentários, esta é sempre a 1ª escolha. Só em casos muito específicos é que se fazem as pontes, especialmente no maxilar superior, e ainda mais se os dentes estão bons. As reabilitações totais com coroas e pontes são complexas, antigamente era a única opção possível, hoje em dia não, e em termos de custo serão muito parecidos as coroas com os implantes+coroas. O molar ficar suspenso é um sinal amarelo, especialmente em pontes pois funcionam como uma alavanca, um trabalho desse género tem uma duração entre 5 e 10 anos em boas condições e provavelmente nessa altura terá que tirar os dentes todos e colocar implantes + prótese total sobre implantes.
    Relativamente aos espigões prefiro sempre os espigões em ouro, pois não contem prata nem outras ligas que oxidam a raiz e a tornam mais frágil, na pior das hipóteses e se se tem uma boa parte da coroa intacta podem-se usar espigões em fibra mas com cautela pois partem com relativa facilidade e depois de partidos são quase impossíveis de remover ficando o dente ou raiz comprometido para exodontia.

    É um tema controverso mas já fiz, já vi como fica e sei o que seria melhor para mim e é isso que transmito aos meus doentes.

    ruipintocardoso@gmail.com
    www.dentista.com.pt

  18. Boa Tarde,
    Decidi colocar um implante dentário há mais de 6 meses, acontece que o Dentista em questão não tem tido tempo para acabar o trabalho. Agora tenho só o implante mais um parafuso visível ao nível da gengiva.
    Procurei um outro Dentista para ver se acabo este serviço, mas tenho aqui um problema, ninguém sabe a marca do implante, será que há assim tantas marcas de implantes?
    Alguma ideia de como posso resolver isto?
    Obrigado

  19. Olá, já vi que há dentistas por cá!
    Por favor, alguém me pode dizer se seis mil euros por quatro implantes e excerto de osso em um dente é muito caro?
    Estou a terminar um tratamento ortodontico de dois anos e meio e já gastei tres mil e trezentos euros. Nem sei onde arranjar tanto dinheiro, mas enfim, é o meu sonho ter os dentes bonitos,já que passei uma vida cheia de complexos. Tenho 30 anos.
    Obrigada!:big_grin:

    • 2010-10-09 16:56:38 9 Outubro 2010
    • #40

    boa tarde, agradeço a todos os utilizadores pelos seus comentarios, sao enriquecedores, na medida de que me esclarecem...
    Na minha situaçao, eu sofro de problemas com os dentes desde que me lembro, desde muito cedo começei a ir ao dentista, a minha mae teve 6 filhos e eu fui a 6ª, sempre me disseram que os problemas que tenho foram derivados ao facto de quando a minha mâe me teve, ela ja nao teria muito calcio, verdade ou nao, nao sei. Uso uma protese amovivel acrilica desde os 13 anos, ou seja há 10 anos, e muitas vezes a minha auto estima esta tao la em baixo que nem me apetece sair de casa com vergonha, a minha protese é de 3 dentes na parte superior e à frente, fora isso tenho apenas um dente meu, mesmo ao lado da protese, desisti de ir aos dentistas porque tenho muito medo, doi me sempre, odeio mesmo ir ao dentista, é a "coisa" que eu mais tenho medo na vida, nao é a questao de ser mariquinhas ou nao, apenas todas as vezes que ia, sentia que estava a mostrar uma parte fragil do meu corpo, uma parte da qual sentia vergonha, além de que os proprios dentistas pareciam que tavam ali a fazer um esforço por mexer na minha boca, foi sempre uma situaçao muito,muito desagradavel para mim:crying:...
    Neste momento estou a ponderar fazer um plano de saude, tive optimas referencias atraves de um casal amigo e ja vi o rapaz, e tá muito bonito, ele tinha praticamente os dentes todos estragados e agora esta muito bem, eles fez algumas pontes, e para o ano penso que vai fazer implantes mesmo no osso, nao tenho a certeza... Sinto me mesmo triste com a minha vida, tudo por causa dos meus problemas de dentes.... obrigada por este forum, assim pude desabafar um pouco...

    • 2010-10-20 17:59:1620 Outubro 2010
    • #41

    sour:olá,me aconteceu o seguinte ao fazer prótese dentária em um dentista....Ele falou queo pivo não cairia,duraria2 anos aproximadamente...E,c/os dias,um pivo caiu,ele colocou de volta,deppois outro caiuc/o fio dental,fui lá e ele pos devolta,e outro inflamou a gengiva,fiquei c/o dente doendo,pra completar,o denteestava mole e só depois que ele mereceitoum remédio,desinflamou,e o pivo caiu,e elle colou de volta,e isso bem antes de 1 ano...Esse último q caiu,ele colocou umas 10 vezes,e,eu já irritada,procurei outro dentista,onde tirou raiox,e me disseq o tal dentista estragou meu dente,onde pos um pivo torto,e onde eu perdi 2 dentes...E,antes de saberessa resposta,fui ao dentista q 'pos torto',e,ele me disse q eu quebrei meu dente.Eu disse à ele,q eusentia muita coceira na gengiva,ñ suportava,por isso,batia um dente no outro.Mas,se fui eu msma quem quebrou,porqueele demorouum tempãoprame dizer?!Precisou colocar o pivo umas 20 vezes...Falei pra ele q se vou ao dentista,é parañ precisar arrancar dente,as pessoas perdem o dente por ñ cuidarem,embrigas ou acidentes,e,eu vou ter q tirar,mesmo qd fui ao dentista?
    Fiquei muito triste,chorei,tive vontades de sair da cidade...agora estou em dúvida,pontifixa,ñ gostei,esse negócio de sacrificar um dentebom meu,para fixar ela...E,o pior é q terá de sacrificar um pivo e um dente...
    Estou c/muito medo,até agora ñ arrumei o dente,porque quero ir em um bom dentista,mas é muito caro esse tratamento,queria entrar c/meus direitos sobre esse denmtistaq errou,mas é preciso uma declaração de outro dentista,pra mim poder fazer issso,só q nenhum dentista gosatde fazer isso,acham 'anti-étnico'...Tá,mas eu perdi dente,por erro de outro denntista,um absurdo eles ñ me darem a tal declaração...E,implante é muito caro,akicusta cada um:1,500,00..E,no meucaso o meu tratamento dentário fik,segundo outro dentista 6,000,00,pois ele ñ acha seguro ponte fixa,c/o tempo,eladáproblemas...
    nâo sei se outro dentistaquis ganhar c/isso,ou se não,mas para o pivo cair antes de um ano,algo de errado,c/certeza o dentista fez,um caiu c/o fio dental,pode?
    Estou muito triste por isso.

    • 2010-10-25 10:20:5525 Outubro 2010
    • #42

    Olá a todos. Estou de volta, com o post que iniciou este tópico, e tenho algo de inédito a acrescentar.
    Depois de esclarecidas todas as minhas dúvidas, lá optei pelo implante, como sabem. A colocação do implante no osso correu às mil maravilhas. Os problemas apareceram quando me colocaram a coroa, ou tentaram colocar...
    Parece mentira, mas já 2 coroas de metalo-cerâmica partiram-se (saiu uma lasca) na minha boca.
    Neste momento estou à espera que façam a terceira.
    Não sei o que hei-de pensar, a única coisa que me ocorre é que o material usado será de péssima qualidade. Quanto ao implantologista, diz que nunca lhe aconteceu e que talvez seja um problema de temperatura aquando do fabrico do material.
    Algém conhecedor do assunto que me possa esclarecer?
    Sinceramente, já não sei se posso confiar no meu dentista, ainda por cima tendo em conta que fiz o implante através de um seguro dentário...
    Obrigada.

  20. Viva!
    O que estive a ler neste "post" foi muito elucidativo! E pela experiência que relata aqui... "quebra da coroa"... 2 vezes... é motivo para nos questionarmos sobre a qualidade do material utilizado quando recorremos a um seguro.
    No seu lugar, eu iria consultar um representante a DECO para saber bem como agir. E sim, é caso para requerer toda a documentação para poder exigir a resolução adequada do problema.
    Em relação aos seguros, existem alguns - um em particular eu subscrevi, o Alianz Dentall - que não exigem período de carência e, no caso deste, o encargo anual não chega aos 70€! Aderi ao seguro em Abril último, já fiz limpeza e radiografia (ambas gratuitas), duas restaurações comparticipadas a 50% e tenho na próxima semana consulta (grátis) para orçamento. Significa que a seguradora já me pagou mais a mim do que eu a ela! :) "Santinhos"...!
    Mas... como acredito piamente que "não há almoços grátis" e que com as seguradoras geralmente quem perde é o cliente... parece-me que os comentários do Dr. Rui Pinto Cardoso sobre o assunto fazem todo o sentido. Irei pedir dois orçamentos, um com seguro e outro sem seguro para poder comparar.
    Por vezes o barato sai caro... e realmente, poupar €€€€€ mas arriscar-me a colocar na boca material de má qualidade... que pode partir ou mudar de côr... :( é algo a que não me arrisco!!!
    Obrigada por ter iniciado este assunto.
    Oxalá à terceira seja de vez e a sua coroa não parta mais!

  21. boa noite, eu tenho varios problemas nos dentes e fui a um dentista fazer um orçamento para meter 5 coroas ( ainda tenho que desvitalizar os 5), e meter uma protese fixa nos dentes da frente superiores a ( devido aos dentes do lado ja estarem restaurados nao posso fazer implantes) e fazer 2 implantes e fez me um orçamento no valor de 12 mil euros. eu gostaria de saber se alguem me pode responder se esta caro ou nao? pois eu nao estou dentro do assunto e nao quero ser enganado. tambem ja ouvi falar de seguros ma por exemplo o meu dentista disse me k cada implante custava 1500 euros e no seguro oral saude prime e multicare o implante de carga imediata esta a 890 euros. sera verdade??? no meu caso valera a pena fazer um desses seguros???? gostaria que me respondessem pois estou mesmo aflito pk cada vez estou pior.

    • 2010-11-29 00:13:5529 Novembro 2010
    • #45

    Olá JoãoLeal.
    Como já disse acima, fiz recentemente um implante e fartei-me de pesquisar acerca de preços e seguros.
    De facto, os implantes rondam 1.500euros cada um e as coroas rondam 500eur (metalo-cerâmicas). Quanto à prótese fixa penso que se está a referir a uma ponte (uma ponte leva 3 coroas, sendo o seu valor quase o mesmo de um implante 3x500=1500eur). Sendo assim, terá que somar estes valores + as desvitalizações e as consultas. Parece-me que 12.000 será um valor exagerado, mas fale com o seu dentista e esclareça bem o que ele está a incluir no preço.
    Quanto aos seguros, eu fiz o Sanos Sorriso da Tranquilidade e paguei 1000eur pelo implante, pelo que paguei menos 500eur. Nesse sentido valeu a pena, mas atenção que outros tratamentos com o seguro (restaurações, desvitalizações, etc.) ficavam mais caros. Por isso desisti do seguro no fim do implante. Contudo, estou a ter alguns problemas com o implante porque a coroa parte-se mas nao sei a que se deve. Só espero que a qualidade do material não seja inferior devido a ter usado um seguro. Estou a tentar obter resposta para esta situação mas está complicado.
    Boa sorte e aconselho-o a ouvir vários dentistas, várias opiniões.

  22. Alpere
    Isso de pedir segunda opinião não é tão linear assim,pois falo com experiência própria.
    Estou em tratamento dentário desde Abril e já consultei segunda opiniões e digo-lhe que os médicos não se alongam muito, pois não gostam
    de ir contra o que os colegas estão a executar.De qualquer das maneiras desejo a maior sorte do mundo ao João Leal e todos aqueles que
    entrarem em tratamento dentário.
    Um abraço
    AnaConceição

  23. eu de facto e o que que vou fazer, vou fazer um orçamento num dentista cm o seguro e valores sem o seguro que e para ver como funciona para nao ser enganado. em relaçao aos 12 mil euros e mesmo so isso que me vao fazer as 5 coroas e desvitalizar os 5 dentes, 2 implantes e uma protese fixa e deu me esse valor para tudo. mas eu achei um bocado caro. mas agora como vou a outro dentista sera que devo contar os valores que esse me deu? ou nao devo falar sobre esse dentista? pois eu quero e mesmo resolver a minha situaçao e em relaçao as materias sera que alguem me pode dizer qual e o melhor????

    • 2010-12-03 23:53:28 3 Dezembro 2010
    • #48

    Olá a todos.
    Pois, realmente também me parece que os dentistas não gostam muito de falar acerca do trabalho dos colegas. Mas já tenho uma consulta marcada na próxima semana com outro dentista, que me disseram ser de confiança, não vou desistir enquanto não me derem respostas lógicas.
    JoãoLeal, talvez no seu lugar, eu não falasse dos 12.000eur quando fosse pedir orçamento a outro dentista. Mas também penso que não deve influenciar.
    Quanto aos materiais, as coroas melhores são as de zircónio, depois as metalo-cerâmicas e depois as de acrílico. As de zircónio são mais caras e as de acrílico disseram-me que não eram muito resistentes. Penso que as mais usadas são mesmo as metalo-cerâmicas.
    Boa sorte com os tratamentos.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: froguito

  24. olá bom dia,
    penso que esse valor é bastante exagerado, conheço uma pessoa pessoa que fez 4 coroas e dois implantes por 3.000 eur, numa clinica na marisol. Ficou bastante satisfeita e diz que é o melhor dentista que alguma vez encontrou.

    • 2011-03-01 22:04:51 1 Março 2011
    • #50

    Boas amigos, não li o post todo mas li uma boa parte

    Gostava das vossas opiniões

    Estive na clinica Vitaldente para reparar a minha boca e pediram-me 17.500€

    Sim tenho muita coisa estragada

    A minha pergunta é se conhecem alguma coisa mais económica

    Abraços

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: NunoLopes, Cruz