Fórum sobre saúde, medicina, enfermagem, medicamentos, doenças, cirurgias, hospitais, clínicas para doentes, médicos, enfermeiros, profissionais e interessados
Ainda não iniciou sessão (Iniciar sessão ou registar-se)
    • MG
    • 4 June 2012
     # 251

    Alguém me sabe dizer qual o custo de uma IVG na Clínica dos Arcos?
    sabem por acaso quais os hospitais que têm protocolo com essa clinica?

  1. Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: Patt1986

    • QS
    • 4 June 2012
     # 252

    Cerca de 600 euros. Nos hospitais públicos, no geral, costumam encaminhar para a essa clínica quando não têm condições para realizar uma IVG.

    Aos comentários contra-aborto tenham dó e preguem as vossas palavras em fóruns próprios.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: FernandesC, vanessavfdg

  2.  # 253

    AO,

    descanse porque vou mesmo obedecer aos seus pedidos...

    • QS
    • 4 June 2012
     # 254

    Obrigada.

  3.  # 255

    Retiro Vinha de Raquel desde o dia 22 a 24 de Junho na cidade de Lisboa. Destina-se a todas as mulheres que passaram pela dor do aborto. Neste retiro as mulheres vão poder aprender a fazer o luto dos seus filhos através de acompanhamento espiritual e psicológico. Pois, sabemos já há muito tempo que o Síndrome Pós-Aborto existe no mundo e esta foi a forma mais harmonisa de ajudar as mulheres nestas situações para poderem perdoar-se e enfrentarem melhor a sua dor.

  4.  # 256

    MG informe-se, no centro de saúde ou no hospital da sua área de residência. Eles próprios encaminham para a clínica, se for caso disso.

    Cumprimentos

  5.  # 257

    Kat89 A cirugia correu bem =) Acho que hoje vou finalmenete dormir bem pela primeira vez! Obrigada pela força dada aqui =)

    Bjooooo

  6.  # 258

    crba

    oxalá que sim durma bem. Se tiver problemas de consciência ou psicológicos como o Síndrome Pós-aborto (PESQUISE SOBRE O ASSUNTO) existem pessoas para ajudar. E já agora não se esqueça caso isso aconteça (uma vez que acontece com a maioria das mulheres) de vir aqui contar o que o aborto lhe fez. Durma bem.

    • QS
    • 5 June 2012
     # 259

    Na realidade o Síndrome-aborto é um mito. Mas é claro que é preciso um tempo para que as mulheres se adaptem à escolha que fizeram.
    Ele existe, sim, e é doloroso em mulheres que o sofreram espontaneamente. Que querem e têm isso planeado para elas mesmas.

    Depois há um monte de comentários desrespeitosos que querem à força que estes se sintam desta ou daquela determinada maneira e às vezes conseguem-no, o que é realmente triste. Lamento, mas este é um assunto que milhares de Mulheres ultrapassaram mesmo quando tinham que socorrer ao desespero de o fazer no clandestino.

    Haja respeito.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: rsfa

  7.  # 260

    AO,

    leia bem o seu comentário que não tem qualquer tipo de sentido. Passo a citar: "Na realidade o Síndrome-aborto é um mito" se é um mito então porque diz logo a seguir, .".Ele existe, sim, é doloroso em mulheres que o sofreram espontaneamente. Que querem e têm isso planeado para elas mesmas"., muitas mulheres não querem fazer abortos. Todavia, muitas pessoas continuam a pressioná-las ao invés de as ajudarem e lhes dizerem que existem soluções mais saudáveis.
    "Depois há um monte de comentários desrespeitosos que querem à força que estes se sintam desta ou daquela determinada maneira e às vezes conseguem-no, o que é realmente triste. Lamento, mas este é um assunto que milhares de Mulheres ultrapassaram mesmo quando tinham que socorrer ao desespero de o fazer no clandestino." Como sua excelência mesmo disse a escolha é das mulheres portanto eu não as posso fazer sentir pior do que elas já estão quer queiram ou não admitir. E o facto de o fazerem clandestinamente você pensa o quê ?? que eles já acabaram ?? Pensa que não existem mulheres que o continuam a fazer ?? Sabe, não pedi a sua opinião até porque ela para mim não vale nada. A sua crença feminista com argumentos sobre clandestinidade deixa muito a desejar. É o argumento do costume é como ir há praça e ver sempre a mesma sardinha. Se são desagradáveis os meus comentários, para si tem bom remédio não olhe e muito menos comente o que eu digo. Até porque eu já ajudei pelo menos uma mulher deste grupo que procurou ajudar a si mesma e salvou o filho. E então ?? Acha que continua a dizer alguma coisa de válido ?? nunca. Trate de ajudar as mulheres em vez de as atacar. MULHERES, AJUDEM-SE NÃO FAÇAM MAL A VOCÊS MESMAS.

  8.  # 261

    Crba fico contente que tenha corrido tudo bem contigo:) de nada linda ************

    •  
      FD
    • 8 June 2012 editado
     # 262

    Relembro:

    Aviso da moderação

    Esta conversa é para testemunhos de quem fez uma IVG ou está em vias de fazer.
    Não é para convencer ninguém a não fazer ou para censurar opções e pessoas.

    Se quiserem falar sobre despenalização do aborto, podem-no fazer aqui: http://forumsaude.com/conversa/801/despenalizacao-do-aborto-opinioes/
    Se quiserem falar sobre alternativas ao aborto, podem-no fazer aqui: http://forumsaude.com/conversa/1258/alternativas-ao-aborto/

    Qualquer comentário que não se insira no espírito desta conversa será APAGADO.
    Este espaço existe para apoiar e não para censurar - se não podem ou querem apoiar, não participem, obrigado.

    • ccac
    • 28 June 2012 editado
     # 263

    Boa noite,

    Agradeço desde já a (quase) todas vocês que, mesmo sem saberem, me ajudaram a esclarecer as duvidas que por vezes nem os médicos conseguem tirar em relação a Ivg. Mas nao pude deixar de ficar chocada com os comentários da Jnbc. Sinceramente, tamanha ignorância nos dias que correm e gritante e gostaria de saber em que e que pode ajudar mulheres que estão a passar por uma situação destas. Vai criar nos os filhos? Devo ligar lhe a si quando a meio do mês já nao tiver dinheiro para comprar comida, pagar o colegio, as contas ou a casa? E trabalho tambem arranja? E muito fácil opinar sobre a vida dos outros sem conhecimento de causa, mas a verdade e que cada um e livre de seguir a sua vida, fazer as suas escolhas e nao lhe reconheço capacidade para julgar ninguém. Se tem tanta objecção de consciência em relação ao aborto, nao deveria ter tambem em relação a famílias que trazem bebes ao mundo sem quaisquer condições para isso? Por muito que a sua cabeça nao tenha capacidade para lá chegar, quem faz uma ivg nao e de animo leve e quem o fez pensou, fez contas e esgotou mil e uma hipóteses antes de tomar a decisão.
    Faca um favor a todas as pessoas que aqui vem recolher informações e arranje uma ocupação, que já percebi que e o que lhe falta.

  9.  # 264

    ccac,

    sabe o choque muitas vezes faz-nos bem. Podemos não crer mas leva-nos acordar.

    Eu estou muito bem com a minha consciência. Já consegui ajudar duas mulheres e essas mesmas duas mulheres maravilhosas vão ter os seus bebés :D. Quer ficar em choque fique. Não estou nem aí para o que diz.

    Digo-lhe também que o retiro da vinha de raquel foi maravilhoso e fantástico (se não sabe o que é pesquise). Foi de uma intensidade, união entre o grupo foi qualquer coisa de especial. Neste mesmo retiro estiveram mulheres que abortaram algumas pressionadas por pessoas e outras de livre vontade influenciadas por outras pessoas. E o resultado foi, triste uma desilusão, um sentimento de culpa que culminou com depressões por exemplo. Não me preocupo com os seus insultos ou o que for porque o que faço, faço com entrega, coração e alma. Sou humana e não nego ajuda a ninguém. O que puder fazer directamente pela pessoa faço o que não puder vou com ela até onde tenho de ir para lhe dar solução.

    E pode responder, odiar tudo o que escrevo, ter-me uma raiva imensa. Mas é como eu digo existe um dia específico na vida de cada um de nós em que nos apercebemos do mal que fizemos a nós próprias..e aí ou perdoamos ou caímos num abismo melancólico profundo.

    Saiba também que de insultos, injúrias, blasfémias eu já estou habituada e treinada. No fim a mulher que eu poder ajudar e o filho que eu puder salvar é a recompensa por tudo o que anteriormente me possam ter dito...

    Abraço.

  10.  # 265

    Pois, nao vamos concordar nunca. E nao sei quem precisa mais de ajuda. Se quiser também posso ajuda la a pensar pela sua própria cabeca, a formar as suas próprias opiniões em vez de as formar com base no preconceito.

  11.  # 266

    Se não precisa de ajuda não me venha incomodar com as suas ideias "modernas" e feministas porque elas a mim não me dizem mesmo nada. Por favor peço-lhe que se não está interessada não venha com conversas sem sentido para cima de mim. Se está irritada ou com raiva de alguém não é comigo que tem de resolver o seu estado. Se não precisa de ajuda não me incomode mais porque se não parece mesmo que quer pedir ajuda mas tem o socorro entalado na garganta.

    Passe bem. Deus a acompanhe.

  12.  # 267

    O seu discurso e igual para todas as pessoas, independentemente de as conhecer ou nao. Ideias feministas e modernas, blá blá. Digo o mesmo a si. Se nao quer ajuda, esta desenquadrada neste tópico de conversa, que e para partilhar experiências. Expresse as suas opiniões noutro sítio mais adequado.
    Tenha um bom dia

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: QS

    • vls
    • 12 July 2012
     # 268

    Boa tarde a todas! Eu tb vou fazer uma ivg mas estou com muitas duvidas, no centro de saude foi-me dito que teria de ser por via medicamentosa porque nos nossos hospitais nao existem tempos operatorios pra este tipo de situaçoes, mas ja li aqui testemunhos de que também se faz por via cirurgica, o que eu preferia, eu sou de setubal mas preferia nao recorrer ao hospital da minha area, sabem se é possivel recorrer a outro ou ate a uma clinica onde se faça a ivg cirurgicamente? por favor preciso de ajuda...

  13.  # 269

    Olá a todas. infelizmente, por diversos motivos, tenho de fazer uma ivg... Sou do norte e queria fazê-lo como particular. Está a ser doloroso e sei que não aguentarei passar pelo processo no sns.Ouvi falar na clinica de oiã e o meu companheiro ligou (eu não tive coragem), mas a sra. disse que pr o fazer teria de ir ao centro de saúde!!!
    Não sei se é mesmo assim ou se o disse porque era um homem a falar. Podem ajudar-me? Será que só a clinica dos arcos faz particular?
    Muito obrigada. Ler os testemunhos fez-me mt bem...

  14.  # 270

    Boa noite iniciei hoje o processo de IVG medicamentosa... Com muita dor e muito custo foi a única solução que eu e o meu companheiro encontramos para esta situacao. Tomei sempre a pílula e nunca me esqueci um so dia... Tive uma crise de asma há um mês atras e dei entrada de urgência no hospital deram-me uma medicação que me disseram nao ser antibiótico mas que do pode ter sido isso pois pelas semanas que estou bate nessa data. Estou actualmente de 6semanas fui ao hospital de Gaia e deram-me hoje o primeiro comprimido e trouxe os outros dois para colocar em casa... Foi uma decisão muito difícil mas a única responsável... Tenho chorado muito mas ler os testemunhos da maioria das pessoas que aqui escreveram ajudou-me muito... Estou com muito medo do que vem por aí mas tenho um companheiro maravilhoso que me esta a acompanhar em todos os segundos desta dolorosa decisão...

  15.  # 271

    ola tuareg identifico-me bastante com a tua historia tenho 36 anos e encontro-me numa situação bem parecida o pai nao quer ter mais filhos porque tem 51 anos , esta erredútivel tal como tu pensei ate a´ultima em ter este filho pois é uma realização como mae e mulher, mas estava mal informada sempre pensei q o ivg fosse legal ate as 12 semanas mas estava mt errada estou com 11 e nao posso de maneira nenhuma ter este filho, estou desempregada e já tenho um filho com 14 anos que amo mt mas as condiçoes sao adversas. será que nesse hospital dos arcos fazem ivg mesmo que seja a pagar? fora das 10 semanas ajudem -me nao conheco clinica nenhuma que o faça clandestinamente agurd resposta com alguma brevidade obrigada.hoje completo 11 semanas ja com eco vaginal realizada.

    • IMAAG
    • 13 September 2012
     # 272

    Boa noite

    Infelizmente vou ter que passar por uma IVG. Fui ao CS Amadora e o médico passou-me uma folha a pedir análises e uma ecografia. Gostaria de saber se faço estes exames agora ou se faço posteriormente na Clínica dos Arcos.

    Por favor, ajudem-me.

    • MPM
    • 14 September 2012
     # 273

    IMAAG,

    não é necessário fazer esses exames e analises visto que na clínica terá que fazer análises e ecografia na primeira consulta.

    Mta calma e força!

    • IMAAG
    • 14 September 2012
     # 274

    Sim. Já me informei. Graças a Deus, a clínica já me ligou e a 1ª consulta vai ser segunda às 11h.

    • IMAAG
    • 14 September 2012
     # 275

    MPM, fizeste uma IVG? Escolheste que método e como correu? Como foi o pós-ivg?
    Espero que para a próxima semana fique já tudo tratado.
    Obrigada pelo apoio.

    • MPM
    • 16 September 2012
     # 276

    IMAAG, sim já fiz uma IVG nessa mesma Clinica dos Arcos, escolhi o método cirúrgico pq a mim parecia me o menos doloroso pois não se tem noção de nada enquanto decorre o processo da cirurgia, correu tudo bem, fiz a primeira consulta (análises e eco) e três dias depois voltei á clínica, a equipa médica é mto atenciosa, e desde que recebi a anestesia só me recordo de ter acordado (prai meia hora depois) sem sentir qualquer dor, apenas um leve sangramento nas horas seguintes como se fosse o periodo, e nos dias seguintes tamém passei bem, felizmente! Vai correr tudo bem!!! Força!!!

    • IMAAG
    • 17 September 2012
     # 277

    Eu fui lá hoje e foram simpáticos. Acontece que hoje na ecografia não detectaram nada. Pediram-me para fazer o teste de novo. Estou super nervosa. Estou de 5 semanas certinhas. Também quero o método cirúrgico... Só quero que este pesadelo acabe. Obrigada pela tua partilha :)

  16.  # 278

    Boa noite. Como já referi fiz uma Ivg medicamentosa no dia 25 de Julho... Tive febre, desmaios, dores muito fortes e muito muito sangramento... Tive de ir para o hospital, lá disseram-me que o processo estava quase concluído... Passado 3semanas sempre com sangramento voltei ao hospital para uma nova ecografia e tive de voltar a tomar os comprimidos porque a ivg nao tinha ficado completa. No passado dia 6 de setembro fui lá e segundo a eco já esta tudo normal. Tomei uma injecção que é um anticoncepcional mas a data de hoje continuo a perder sangue... Alguem me pode ajudar e dizer se é normal?

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: silvinha

    • MPM
    • 18 September 2012
     # 279

    IMAAG, mta força, são dias mto dificies e um verdadeiro pesadelo, mas só depende de nós mesmas superar da melhor forma possivel, embora seja uma marca para sempre nas nossas vidas!!! Força!

    Andy26, gostava de te poder ajudar, mas penso que isso não seja realmente normal, procura informa-te pq nada melhor que os especialistas para te conseguir responder... força!

    • SIA
    • 25 September 2012
     # 280

    Olá...

    Como não estou a viver na minha cidade natal e não estou inscrita em nenhum centro de saude, aconselharam-me a ir a um Centro de Saude a uma consulta para utentes "sem médico" para que me possam encaminhar para o restante processo.

    O tempo passa e todo o acesso à informação tem sido muito dificultada.

    Não sei o que fazer se amanhã não resultar... Alguem me pode ajudar?

  17.  # 281

    Se não está inscrita no centro de saúde da área da sua residência deve fazer a inscrição para que possa ter consultas. Para o fazer, deve levar consigo o cartão de utente e comprovativo de morada (por ex.; factura da luz, água, gás, ou telefone). O não ter médico de família, não é impedimento para não ter consulta.

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: SIA

  18.  # 282

    Encontro-me neste momento numa situação complicada, muito dificil... tenho 33 anos, sou casada, tenho uma filha com 3 nos. estou desempregada, não tenho qualquer perspetiva de emprego. descobri há pouco mais de uma semana que estou gravida. e estou completamente desesperada... Não quero este filho. O meu marido ficou contente, mas eu n consigo aceitar esta gravidez. Tenho ponderado muito a hipótese de não ter esta criança, aliás não me passa outra coisa pela cabeça... No entanto, tenho muito receio do que esta decisão me vai trazer. não só ao nivel do meu casamento mas também da minha cabeça.
    Encontro-me no meio de uma depressão, causada por anos de problemas interiores mal resolvidos e não sei o que fazer...
    Gostava de saber se alguém me pode dar uma palavra de ajuda...

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: SDL

    • SIA
    • 28 September 2012
     # 283

    Tenho a minha IVG agendada para 3ªf. Vai ser cirurgicamente com anestesia geral... As 6semanas e meia não permitiram a escolha. Alguém ja a fez?
    Obrigada a todas e a este forum, por serem um ombro que fisicamente nao tive.

    • jcmm
    • 9 October 2012
     # 284

    Boas

    Li varios comentarios que me deixaram completamente chocado, uns pela sua força outros pela "falta de consideração" a pessoas que ainda estão em vias de passar por uma ivg. mas nao posso deixar de dizer que mesmo com comentarios destes que falam abertamente sobre o procedimento, as dores, o psicologico e o depois de tudo, é disto que nós vamos a procura quando procuramos sites e respostas sobre a ivg. a verdade dói mas nada melhor do que a verdade. Obviamente que nao preferivel estar aqui testemunhos falsos ou pessoas a dizer que o aborto é uma coisa que nao custa e a incentivarem para tal. Eu sempre fui contra e engravidei pela primeira vez aos 19 anos e por isso tive a minha menina sem olhar pa trás. passei muito, coisas impensáveis na minha idade mas superei e nao me arrependo nada de ter tomado esta decisao mas tudo de resume a uma questao de sensatez e neste momento tenho 22 anos e gravida outra vez. confesso que o meu instinto mais uma vez foi nao ligar a comentarios e ir com esta gravidez pra frente outra vez mas se temos que tomar uma decisao que seja por nos proprias. nenhuma decisao tomada pela opiniao de outra pessoa será a correta isso vos garanto. adorei a minha gravidez é um estado indescritível tao assustador que se torna perfeito e o parto... bom o parto foi horrrivel por azar, ha partos menos maus o meu foi pessimo mas passava outra vez pq a razao foi a minha filha e por ela passo tudo. Decidi entao fazer uma ivg desta vez. nos fazemos o nosso destino e desta vez eu nao quero um filho, quero estabilidade em todos os aspectos para criar a minha filha que tem 19 meses. claro que queria este bebé, claro que me sinto péssima e ao ler certos comentarios ainda mais mas se me vou deixar levar por experiencias de vida de outras pessoas a minha fica onde? a minha é esta e neste momento vou fazer uma coisa que nao sou mto a favor mas crescer é assim tenhamos 20, 30 ou 40 anos. nao há idade certa pa passar por isto, nem por uma gravidez levada até ao fim. estou em panico pq a dor fisica assusta-me imenso nem fazem ideia gosto da verdade quero saber que doi que fica marcas pa toda vida e que é um momento decisivo na minha vida por isso procurei respostas e ninguem melhor como pessoas que ja passaram ou vao passar pois afinal de contas os medos e as inseguranças sao as mesmas. tenho 7 semanas e estou consciente do que vou fazer ou pelo menos tento. tento mais nao me lembrar que estou gravida e se podesse fazer isto de olhos fechados era perfeito. abortar no primeiro filho é mto pior e isso eu sei pq na altura a situação era a mesma e eu nao consegui, neste momento ja nao é uma questao de coragem ou medo de ter um filho e da minha vida mudar.. é uma questao de sensatez.

    • jcmm
    • 9 October 2012
     # 285

    e so mais uma coisa que nao posso deixar de dizer
    se mulheres vem a este site é para procurarem respostas para terem a certeza do que estao a fazer e encontarem quem lhes entenda e situaçoes de vida parecidas é do melhor para haver paz na nossa cabeça pq ao menos sabemos que nao somos as primeiras nem as ultimas. sei o que é ter um filho e dentro de poucos dias vou saber o que é tirar. para mim antes de qualquer preconceito vem o respeito e respeitar a opinião alheia seja ela qual for é uma virtude. normalmente nunca se pensa "e se fosse comigo" mas é assim que nos temos que pensar. falo por mim pq tambem era contra o aborto, nao censurava so nao entendia. agora entendo. quem nao tem condiçoes para criar um filho, quem nao tem companheiro presente nem ninguem ao lado tem que passar por uma gravidez uma vida a seu cargo com responsabilidades so para nao serem criticadas e levarem com preconceitos? ningume faz ideia do que se passa na vida dos outros e as razoes dos outros nao sao assunto de conversa sao apenas uma coisa que temos que respeitar pois SAO DOS OUTROS. deus só ha um mas parece que existem muitos por ai. lamento SÓ HÁ UM... e tudo tem um porquê. se tem que ser é pq tem muita força. se nao tem que ser simplesmente nao tem. a guerra a superar é o estado emocional, nao uma sociedade hipocrita que vive vidas e problemas alheios para se sentirem superiores. tambem posso dar a minha opiniao certo? esta dada. respeito todos e todo o tipo de comentarios, peço o mesmo.

    • MPM
    • 12 October 2012
     # 286

    jcmm, melhor palavras não escreveria... está tudo dito... como compreendo!!

    Mta força!!!

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: jcmm

  19.  # 287

    Boa noite, já alguém fez a no hospital de Gaia? Oh andy 26 como esta a correr a tua? Lá trataram te com dignidade?

    Sabem se no hospital de Gaia se pode escolher a cirúrgica em vez da medicamentosa? Ou se eles reencaminham para outro lado para fazer cirúrgica?

    Temos direito a escolher?

    Vou fazer uma ivg, estou aterrorizada, sinto me só, tenho vergonha porque não sei o que vou dizer no meu emprego. E melhor não ir trabalhar nos dias seguintes?

    Toda a gente e obrigada a fazer ecografia? Ou levando analises já deixa de ser necessário?

    socorro!

    bjs:not_even:

    • jcmm
    • 19 October 2012
     # 288

    silvinha eu nao sei mo funciona no hospital da Gaia mas penso que em todo o país existe o mesmo procedimento.

    pode-se escolher sim embora eles aconselhem a medicamentosa e eu por experiência propria aconselho a medicamentosa. tambem tive essa duvida mas depois de a fazer digo que é muito melhor. claro que o as dores podem abalar mas depois da cirurgia tambem ha dores. na medicamentosa a mulher tem plena noçao do que está a acontecer e é muito melhor para o psicologica. deixares-te "dormir" gravida quando acordas ja nao estas, epa deve ser complicado. assim temos noçao do que esta a acontecer e eu nao tive dores nenhumas nem nauseas nem nada. so dá uma dor mestrual acreditem nao é nada de outro mundo eu tambem estava em panico nem imaginam até estou chocada com isso.

    pode ir trabalhar sim, leva os pensos para estar prevenida porque o sangue é em mais quantidad que uma menstruação. na noite que o fizer talvez seja melhor nao ir no dia seguinte ate porque nem toda a mulher leva o mesmo tempo a abortar. mas de resto pode estar descansada garanto.

    tem que se fazer ecografia sim mas nao tenha medo eu tambem tive e tive que fazer é so nao olhar e esta tudo bem. eu fiz uma filme sobre tudo e agora penso se soube-se que ia ser assim nao tinha tido tanto medo e tanta incerteza.

    o essencial é voce se manter calma e com noçao das coisas porque acredite no fim vai dizer nao foi nada de mais

    boa sorte e força

    Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: mcs

    • jcmm
    • 19 October 2012
     # 289

    Gostava que alguem me dissesse quando posso beber alcool depois de uma ivg. ha algum tempo de espera depois de a fazer pois pode fazer mal? ja perguntei aso medicos nao me responderam, a saude 24 dizem para perguntar aos medicos lol o que está a dar é nao manter as pessoas informadas. acho normal esta pergunta poquer qualquer pessoa uma noite ou outra bebe um copinho :)

  20.  # 290

    alguém sabe se uma portuguesa será responsabilizada em portugal por ter ido realizar uma IVG a Espanha, em clinica legal, mas ja com mais de 10 semanas?

  21.  # 291

    Boa tarde,

    Fui a pouco marcar uma consulta na Clinica dos Arcos. Já é difícil que chegue e a verdade é que ainda não sei se consigo interromper a gravides. Mas ir em frente também não seria nada fácil, não só para mim mas principalmente para o bebé, que como se diz por ai "não pediu para nascer".

    A porta da clinica estão umas senhoras que agarram-te no braço e hipocritamente perguntam "se podem ajudar em alguma coisa". "Não mates o teu bebé", "O castigo vem aí". Bem que vergonha, já te sentes mal e essas mulheres fazem-te pior. Sentes-te que toda a gente na rua está a olhar para tí. A raiva é tão grande que o efeito acaba por ser o contrario, se antes eu pensava em talvez, mesmo no desemprego e sozinha passar fome para alimentar uma criança, o sentimento mudou. Parece que de imediato decidi, ninguém ajuda verdadeiramente ninguém, não vou levar a gravidez para a frente e fazer com que um ser humano deseje nunca ter nascido!!

    Essas mulheres deviam ter vergonha! Fazem com que pessoas que realmente não tenham condições para alimentar mais uma boca (situação que veio por assedente) e que adorariam ser mães fiquem ainda mais magoadas e completamente de rastos :crying:

  22.  # 292

    Olá a todas, hoje estive na Clinica dos Arcos e finalmente fiz este aborto q se estava a tornar um pesadelo na minha vida. Desde o dia em q fiz o teste... Toda a minha vida foi posta em causa, o meu namorado ficou mais confuso q eu, alias as minhas amigas e a minha mãe ficaram mais assustadas e triste do que eu. Não percebo, quer dizer eu é q estava a passar por todo o processo que implica fazer um aborto em Portugal, desde ir ao centro de saúde, falar quase com todas as pessoas, contar a historia, justificar porque queria interromper etc. Finalmente fui à clinica dos arcos, fizeram me a ecografia tiram me sangue e tive uma consulta onde me explicaram tudo o que ia acontecer no dia da cirurgia. Até esse momento a minha cabeça estava as voltas, não sabia o q fazer, estava super assustada, aterrorizada mesmo, depois de ser abordada por essas senhoras crueis, por o meu namorado estar mais assustado que eu... Mas tenho de agradecer as pessoas da clinica dos arcos pela atençao apoio carinho respeito e cuidados q tiveram comigo. Parece q passei por vários estados de emocoes ate finalmente me explicarem o q ia acontecer no dia da IVG. Essa doutora foi a unica pessoa q me ouviu e me deixou chorar e ate gritar, porque ninguem na minha familia me podia ver chorar, como se eu nao pudesse, mas eu é q tava a passar por este terror. Nao tenho palavras para estes tecnicos têm um trabalho pesado e conseguem tar a sorrir e preocupados com todas nos q passamos por um aborto. No fim voltei a estar com a doutora do 1ºdia, nao resisti a pedir lhe um abraço no fim da consulta, porque não me esqueço das suas palavras e do seu olhar quando eu nao sabia o q fazer da vida.
    o q me custou foi ficar sem comer e beber o dia todo, mais os enjou os, mas ja esta.
    Hoje finalmente vou deitar mais tranquila do que ontem e mais consciente e mais forte para q pessoas como as mulheres que estao a porta da clinica nao me façam sentir um trapo ou menos mulher ou menos pessoas.
    Meninas muita força para quem tá neste processo e para quem um dia tenha q passar por isto!!!!

  23.  # 293

    Saudações a todas,
    Eu sou o exemplo de quem teve dois filhos de um egoísta, de quem passa dificuldades para os criar e de quem se recusa a pôr mais um filho do mesmo desgraçado neste mundo para sofrer. Por favor informem-me ainda é só uma desconfiança pois eu tomo contraceptivo oral mas como tomei antibiótico e o egoísta não se precaveu posso estar grávida, se se confirmar como devo proceder para fazer uma IVG? Não tenho médico de família, posso marcar consulta de urgência ou devo marcar logo uma consulta no hospital de residência?
    Obrigada e força a todas que passam por isto, existe um lado negro e consequências negativas de ambos os lados das hipóteses.

    • jnf
    • 14 November 2012
     # 294

    Bom dia meninas!
    Ha dias escrevi-vos na expectativa de obter alguma info relativamente ao serviço da MAC no que toca ao sector das IVG's. Devo dizer-vos que, felizmente, fui muito bem atendida e esclarecida, a enfermeira foi um amor de pessoa, senti algum apoio e compreensão.
    Optei pela IVG medicamentosa, primeiro pq a cirurgica só seria possivel a partir do dia 27 e quanto mais a gravidez avançar, penso que pior é o sentimento de culpa, angustia... Assim sendo, optei pela medicamentosa, fiz a primeira toma 2a feira as 11h e hoje à mesma hora tenho que faZer a segunda parte em casa... Confesso que, assusta-me o facto de ter q fazer isso em casa sem qlqr aompanhamento medico, pois, ñ sei como irei reagir e estou completamente sozinha em casa, optei ñ partilhar com amigas e o meu namorado, tem um compromisso de trab inadiavel, se ñ estaria aqui comigo.
    Bem, estou receosa quanto aos efeitos que a medicacao pode provocar em mim... A enfermeira falou-me das hemorragias prolongadas que posso ter ( normalmente), mas ñ referiu o quão intensas podem ser as dores e já li alguns depoimentos a confirmar que são insuportaveis.
    O que devi fazer?
    No caso de ter dores intensas e o brufen ñ resultar, o que devo fazer? A que clinica devo dirigir-me? Penso q hoje, devido à greve geral, os hospitais Publicos ñ são a melhor opcão.
    Ajudem-me por favorrrrr!!

    • jnf
    • 14 November 2012
     # 295

    Ja tomei os 4 comprimidos, e sinto dores ligeiras, parecidas a do inicio do ciclo menstrual.. Nada mais!! Tomei ha quase 2h :S

    • SCV
    • 19 November 2012
     # 296

    Olá a todas. Não esperava voltar mais, mas infelizmente voltou a acontecer...mesmo com a suposta melhoria da contracepção (fiz uma consulta de planeamente porque queria colocar o implante, mas o médico não achou aconselhavel para o meu caso e aconselhou-me outra pilula). Comecei com a nova pilula à 7 semanas e soube hoje que estou grávida de 5...mesmo tendo tido menstruação à duas semanas:( não estava mesmo à espera, passaram seis meses desde a ultima IVG, fiz na Clinica dos Arcos pelo método cirurgico. Estou desolada, porque não esperava voltar a passar por esta situação, mas não sinto mesmo que seja a altura certa, não é algo que deseje para já:( Tenho receio do que possa acontecer com uma 2ª IVG. A primeira superei muito bem, correu tudo dentro do normal e posteriormente até tratei de falar com o médico para melhorar o método, se bem que da 1ª vez, falhei a toma da pilula 2 dias, desta fiz tudo certo, na hora certa. Até passei a apontar dias e horas e a ter lembretes, pois tinha obrigação de evitar na 1ª vez, mais responsabilidade tinha de ter no futuro.
    Alguem já passou por uma 2ª IVG no mesmo ano? Não sei bem o que fazer, sinto que a consciencia pesa mais desta vez, apesar de ter sido na 1ª que me desleixei na toma, mas sinto também que ainda não quero e que no fundo é injusto para o feto.
    Passei apenas para desabafar. Obrigada por me lerem e boa sorte para todas.

  24.  # 297

    SVC, como te apercebeste que estavas grávida? A menstruação não apareceu?

    • SCV
    • 24 November 2012
     # 298

    IMAAG eu tive 3 dias de "suposta menstruação" à 3 semanas e batia certo com a altura em que deveria aparecer. À 2 semanas voltou a acontecer apenas um dia e na semana passada também, mas já com dores fortes, fui às urgências e disseram que estava com um principio de aborto. O médico que me atendeu já me alertou para o que fiz de mal desta vez, foi-me dito para não fazer intervalo entre uma e outra pilula que iniciei após a consulta de ginecologia e ao questionar o médico para o uso de preservativo foi-me dito que com a pilula não haveria problema, não prevenia apenas as DST. E na realidade deveria ter feito intervalo de 7 dias entre uma e outra pilula. Fui fazer o exame de sangue no dia anterior a ir para as urgências, apesar ter ter tido "menstruação" porque me senti um pouco enjoada e as mamas inchadas, recordava-me destas sensações da ultima vez que engravidei e para descargo de consciência fi-lo. Quase que jurava que era impossivel dar positivo, mas voltou a acontecer para meu desalento. Mais uma vez, só tenho de enfrentar tudo isto, existem duas formas de faze-lo e eu escolhi a minha. Tenho sentido que ainda existe muito preconceito e um longo caminho a percorrer, mas a meu ver, mais grave do que fazer uma IVG, é ver diariamente nos jornais e tv, que foram encontrados recem-nascidos em caixotes do lixo, mães que matam os filhos depois de os terem, mães que os abandonam, mães e pais que não cuidam no verdadeiro sentido da palavra e mães que por não quererem ter os filhos se esmurram na barriga e colocam objectos cortantes para perder o feto. A meu ver, num pais em que o aborto é legal até às 10 semanas, isto sim é desumano, irracional e obsceno.
    Não sinto orgulho em passar por isto uma segunda vez, mas desta vez foi mesmo azar, até porque fui a várias consultas para que isto não voltasse a acontecer, desde médico de familia, planeamento familiar e ginecologista. Não foi suficiente, agora já tenho a lição mais que estudada e não prescindirei de pilula e preservativo. Não vale a pena arriscar, existem fazes de maior fertilidade e pode acontecer a qualquer uma.

  25.  # 299

    Ainda bem que compartilhas a tua situação para que todas nós, possamos aprender através do teu caso. Desejo muita força e se precisares de falar comigo diz-me. Terei todo o gosto em ajudar-te e se precisares de companhia para ir à Clinica (caso sejas de Lisboa).
    Pelo q percebi deve-se fazer sempre intervalo de 7 dias, certo?

    • SCV
    • 25 November 2012
     # 300

    Sim, tem de existir intervalo para poder ter menstruação e posteriormente iniciar a nova toma. Mas em caso de qualquer dúvida é melhor não arriscar e usar preservativo. Obrigada pelo apoio, felizmente mais uma vez, tenho o meu namorado e irmã a 100% comigo, de facto nestes momentos faz toda a diferença. Obrigada mais uma vez.


Para responder ou participar clique aqui.
Para ver mais conversas como esta clique aqui.

 
0.1366 seg.
Creative Commons License
Todo o conteúdo do Fórum Saúde tem uma licença Creative Commons Atribuição-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Portugal

Termos de Utilização e Política de Privacidade