Fórum sobre saúde, medicina, enfermagem, medicamentos, doenças, cirurgias, hospitais, clínicas para doentes, médicos, enfermeiros, profissionais e interessados
Ainda não iniciou sessão (Iniciar sessão ou registar-se)
  1.  # 1

    Olá, esta é a minha segunda participação neste fórum. Ainda não tive oportunidade de o pesquisar convenientemente, mas espero que possa ser mais um local de troca de ideias e ajuda.

    Há uns meses ao tentar abrir um grande portão de correr que estava preso, fiz muita força e de repente senti uma dor no peito que imediatamente pensei ser muscular. Essa dor persistiu e começou a limitar-me muito, pois eu não podia fazer qualquer tipo de esforço sem que sentisse uma dar aguda imediata (só o facto de eu encostar as mãos à parede e fizesse pressão me provocava dor). Sentia o peito atrofiado e quando o "esticava" sentia o esterno a estalar. Fui à minha médica de família que me disse que devia ser um traumatismo por ter feito demasiada força e receitou-me um relaxante muscular que me iria apenas tirar as dores e que esperasse até que me passasse o "trauma". Como me disseram que aquilo era muito agressivo para o estômago, eu não cheguei a tomar, até porque aquilo serviria apenas para tirar as dores momentaneamente. Entretanto tenho melhorado, mas umas vezes dói-me outras não. Quando não me doi, sinto que consigo fazer a minha vida normal, mas quando dói sinto-me limitado. Já aconteceu a alguém? Se sim como resolveram?

  2. Estas pessoas agradeceram ou concordaram com esta mensagem: mariana1212

  3.  # 2

    Chegou a fazer um RX?

  4.  # 3

    Não, a minha médica de família desvalorizou completamente.

  5.  # 4

    Só acho estranho ainda não ter passado ao fim de meses. Na altura, realmente, não seria caso de pedir rx, mas se calhar, passado tanto tempo, eu voltava a ir ao médico...

  6.  # 5

    Boa noite GNuno.
    Comigo aconteceu-me mais ou menos a mesma coisa, depois de uma prova de esforço feita numa clínica médica há dois anos, fiquei com uma dor no peito muito grande.Só agora, que «faz em Agosto dois anos » é que me sinto melhor ,até aqui não me podia baixar ,tossir´nem espirrar não podia fazer esforço de nenhuma maneira.na altura fui-me queixar há clínica mas argumentaram de todas as maneiras que aquilo nunca tinha acontecido e mais mal foi meu que fiquei sem poder fazer o meu dia a dia como deve calcular, infelizmente .Tomei uma caixa de anti-inflamatório,não me passou,voltei ao médico,e receitou-me um medicamento muito esquisito mas não tomei.Com a Graça de DEUS foi me passando .Ainda de vez em quando se fizer algum esforço,(que para qualquer pessoa é normal ),fico com dores mas nada que não aguente.
    desejo-lhe as melhoras e descanse o mais que puder nestes próximos dias.

    ANA DA CONCEIÇÃO

    • isa
    • 28 June 2010
     # 6

    Boa noite

    GNuno não desvalorize... Eu tenho uma amiga que praticava hidroginástica.

    De um momento para o outro começou a ter dores no esterno e tinha as mesmas queixas que apresentou.
    A médica desvalorizou mas a dor mantinha-se até que um dia teve que ir de urgência ao hospital... Tinha uma pequena fractura.
    Começou por estalar mas como fazia hidro duas vezes por semana, o esforço fez com que fracturasse.

    Teve que abandonar a hidro e como adora fazer exercicio, o médico consentiu que se dedicasse à bicicleta à beira mar mas com muitas regras.
    Nunca pensei que fosse tão "grave"... Julgo sempre que é um osso como qualquer outro mas pelos vistos não o é.
    A recuperação é lenta e pelo que sei, os esforços devem evitar-se ao máximo.

    Carlos, tu que és o "expert" é mesmo assim?!

  7.  # 7

    Pois, acho que da próxima vez que for à médica vou mesmo pedir um RX. Tenho muito menos dores que tinha ao principio, mas mesmo assim ainda são incómodas e não são constantes, uma vez doi mais outras vezes menos, outras não doi nada. Outra coisa que noto é que o esterno está a estalar menos.

  8.  # 8

    Isa, o externo é um osso muito fino e ainda por cima, tem no seu interior medula óssea, onde são produzidas células sanguíneas. Fora isso é um osso como outro qualquer.

    Contudo, não esquecer que está sempre em movimento e a sofrer forças externas, durante a respiração.

  9.  # 9

    GNuno:
    Já fez o RX ? no meu texto anterior esqueci-me de mencionar,que tinha feito um RX e não acusou nada.
    estimo que se sinta melhor.
    ANAC

  10.  # 10

    isto tabem ja me aconteceu quando jogava a bola

  11.  # 11

    :bored:

  12.  # 12

    Sou cabeleireira,e a mais ou menos quatro anos,comecei a sentir uma forte dor no peito. Essa dor me causa taquicardia,mal estar, e demora aproximadamente uns 10 dias pra passar. Um clínico me avaliou na emergência e me falou sobre uma possível tendinite no esterno. Procurei outros médicos e cada um deu um diagnóstico diferente:coração,esôfago,coluna...Mas até hj não tenho um diagnóstico correto. As dores se agravaram e cada vez acontece num espaço de tempo menor. A sensação que tenho é que vou infartar. Estou a base de anti-inflamatórios,relaxante muscular,compressas com aguá morna. Meu estômago esta todo ferrado,mas se não tomo os remédios a dor volta. Dessa vez já estou a quase 20 dias,só consegui marcar médico para o fim do mês. Não posso ficar sem trabalhar,simplesmente não sei o que fazer!!!

  13.  # 13

    olá , há uns anos tinha uns 26 .. era motorista de empilhador e por vezes carregava contentores manualmente ate que um dia ao fim da tarde cansado deitei-me e senti umas dores intensas no esterno quase me custava a respirar e até aos dias de hoje " depois de alertar os medicos tambem não deram muita importancia , disseram que era normal devido aos esforços " pois por varias vezes a dor aparece até quando ando de bicicleta custa-me falar e respirar e volta e meia as dores aparecem, pois um colega meu tambem se queixou de dores no peito foi ao mesmo Medico " da empresa" e este enviou-o logo para as urgencias do Hospital que lhe detectou uma Angina de peito e logo de seguida o reformou porque corria risco de vida e podia sofrer alguma enfarte a qualquer momento, pois estou pasmado que com queixas identicas situações diferentes ...no momento tenho 49 anos

  14.  # 14

    olá,tenho 29 anos sou praticante de artes marciais e tenho as mesma dor, mas, no meu caso, ela aparece se eu ficar sem treinar por determinado periodo, procuro fazer musculaçao o que realmente acaba com essa dor. Espero que essa dica seja util.

  15.  # 15

    Bem, fui praticante de atletismo, artes macial, musculação, esbanjando saúde, de uns tempos pra cá, devido o tempo curto, não fiz mais nada, não é que começou uma dorzinha, tipo um mal jeito, no esterno, cheguei a me pendurar em uma barra fixa para melhorar, oque é pior malhando nunca senti., comecei achar que era a posição que eu dormia, pois sentia um pouco ao dormir de lado, fui ao medico, passou um raio x, tomei um ate inflamatorio e relaxante muscular, ate que sumiu, pensei em voltar a malhar sabado 07/07, mas ficou só no pensamento.
    Talvez seja sequelas de acidentes que tive no passado, um de carro que bati com o ombro e fiquei sem respirar alguns segundos, parecia uma eternidade, devido o diafragma esta vazio, e talves exercios de musculação, derrepente uma sobre carga!, a verdade é que incomoda, sensação de invalidez, não sei mas o que fazer?

  16.  # 16

    Ola, se calhar e da coluna.
    Tambem ja tive ha uns anos, no meio do peito, pensava que era o coracao.No inicio eram umas sensacoes de picada nessa zona, depois comecou a aparecer quando fazia forca com os bracos(flexoes por exemplo).Outras vezes era no mesmo sitio, mas nas costas.
    Cheguei a fazer um TAC, e possivelmente RX, nunca deu nada. A minha medica uma vez sugeriu que pudesses ser da coluna.
    E tambem lembro-me desse promenor ,de sentir um estalar quando endireitava-me.
    Ja nao sinto desde 2008, mas se calhar nao e por nao ter feito mais esforcos.
    O corpo sempre vai aguentando ,mas a partir duma certa idade tem que se dar mais valor a cuidados de saude.

  17.  # 17

    Boas, já há muito que cá não vinha, mas vejo que o tópico não morreu. Devo dizer que me tenho portado mal... Nunca mais cheguei a falar à médica deste assunto porque entretanto a dor tem desaparecido e só se revela quando estou parado numa determinada situação e mesmo assim não é muito forte.
    Já tinha pensado que poderia, por exemplo ser da hérnia do hiato, mas o facto de estalar não batia com essa possibilidade.

    Há uns dias aconteceu-me uma situação que me assustou. Estava a sair do carro (ambiente quente) e apanho com um vento frio que estava no exterior, que me bate no peito. Imediatamente senti uma dor fortíssima que me percorreu desde o pescoço até ao lado direito do peito. A minha primeira ideia foi que estava a ter um ataque cardíaco (tenho antecedentes familiares), mas depois notei que era o lado direito e acalmei-me. Tentei andar direito sem fazer movimentos bruscos. Quando voltei ao falar com um colega meu sobre esse assunto, tentei esticar-me para estalar o peito, como fazia antes e nessa altura volta essa dor brutal que me obrigou, sentado a colocar numa espécie de posição fetal. Esse meu colega agarrou no meu braço direito e fez-me algumas extensões o que aliviou. Ele depois disse-me que isso poderia ser provocado por um músculo que percorre a zona do pescoço e peito que possivelmente se teria "enrolado".
    Sinceramente não sei o que provocou isto, mas o que é certo é que no dia seguinte já quase não sentia nada. Não sei se a causa foi a mesma que as outras dores no peito ou se foi mesmo desse músculo, o que sei é que foi uma dor muito violenta!
    Outra possibilidade é que seja apenas reumático...

    • testa
    • 21 September 2012
     # 18

    Boas,

    Estava a ver no google referente a este assunto e esse post caiu como uma luva em minha dúvida!
    Tenho 29 anos e de uns tempos para cá, cerca de 4 ou 5 anos, comecei com um costume de me alongar com as mãos para o alto o máximo que pudesse, para conseguir dar um estalinho no peito o que me relaxava toda a parte do esterno, era como uma injecção contra a dor que por vezes me ocorria.
    Mas de 1 ano e meio os estalos aumentaram a intensidade, mas continuavam a parar com a dor, como se tirasse com a mão! Treino em ginásio a um bom tempo, por volta de 4 ou 5 vezes na semana. Consigo realizar cargas relativamente altas nos exercícios, dependendo de qual objectivo que quero alcaçar.
    Mas em todo esse tempo, nunca fui a um médico, posso dizer que por um pouco de relaxo mesmo de minha parte.
    Resumindo: Estalo bem menos vezes o peito e isso melhorou muito. Não faço exercícios que tenham paralelas e supino declinado. Costumo alongar na bola de pilates ou barras paralelas.
    Mas assim que oportuno vou tirar uma radiografia ou talvez se necessário uma ultra sonografia muscular.

  18.  # 19

    Oi Gnuno, você tem alguma novidade? estou sentindo EXATAMENTE os mesmos sintomas que você :(
    Tirei raiox e deu tudo normal. Não faço ideia do que é isso.

  19.  # 20

    oi sou Anderson tenho 24 anos, desde sedo praticava exercicios fisico, ganhei muscullatura forte, mas a dois anos atraz eu tive uma queda de moto e parei de treinar devido as escoreaçoes, ai perdi massa muscular e com ist veio as dores no peito dota vez que respirava, para aliviar as dores descoprir um geito estralando o esterno, alivia.
    mas então voltei a praticar exercicio fisico fortalecer peitoral superior e inferior, percebo que as dores passa quando fico forte de novo e para de estrala o externo, mas é so eu parar e perde um pouco de massa muscular que volta tudo estou dependente pra sempre das flexões de braço.
    Nesse momento já estou sem treinar a um mes e já voltou esta dor e estralos no esterno.
    Não fui ao medico.

  20.  # 21

    Sou Igor tenho 25 anos.. comecei a sentir os estralos devido a um exercício especifico de musculação, não me lembro o nome do exercício no momento. No entanto sou fumante e sinto uma relação entre os estralos e o cigarro, quanto menos cigarro menos estralos. Acredito na ideia do Anderson aueliano, fortalecer a musculatura (com exercícios adequados) deve ajudar , e no meu caso diminuir o cigarro também! Não fui ao médico ..

  21.  # 22

    Ola

    essa dor no esterno ja eu tive ha mt tempo e é tipico da espondilite (doença reumatica).

    Quando a tive pensei que ia morrer, parece um ataque cardiaco e depois tb tive dificuldade em espirrar, tossir e ate a engolir os alimentos, é incrivel.

    Fiquei com mt medo e so mais tarde soube pela medica que me segue que a EA pode inflamar o esterno e provocar o que senti.

    Por acaso nao voltei a ter, mas posso dizer que ha uns 3 ou 4 anos a esta parte, diz ela que arranjei uma contratura na escapula esquerda que de vez em qd so a sacos de agua quente.

    Ate agora n fiz exame nenhum, a n ser um que n lembro o nome, acho que para detectar tendinites, n acusou nada, mas focaram-se nas maos, uma vez que qd tenho essa dor, vai desde a escapula, ombro braço e mao, td á esquerda e uma dor que imobiliza, terrivel.

    Estou a tomar a tizamidina desde essa altura, ,mas qd la voltar vou pedir mais exames acho tempo demais para uma contratura, bem sei que sao dificeis de desaparecer, mas...

    Para vos dizer que pratico nataçao e nunca senti qlq dificuldade em dar as braçadas, no entanto fora disso ja fiz flexoes para aquecimento e passado umas horas, nem podia mover esse lado.

    Estas tretas sao msm complicadas e vao se enrolando e nos é que sofremos, este é o meu caso, no teu podera ser tb algo reumatico, vou por aí.

    Bjssss e as melhoras

  22.  # 23

    Olá sou o Hiago 20 anos, meses atrás jogava bola sempre e vivia tranquilamente...Só que comecei a sentir dores no meio do peito...agora estalos...alguém sabe o que pode ser??? pq isso tem me limitado muito já tentei mas não consigo jogar futebol de novo pq sempre o batimento acelera e fico com um aperto no peito, quando coloco a mão e mexo sinto estalar...Alguém pode me ajudar?????

    Já fiz raio x do pulmão mas não deu nd...

    • esbe
    • 30 April 2013
     # 24

    O melhor é ir ao cardiologista por enquanto para despiste.

    Cump.

  23.  # 25

    Oie Meu Nome é Jefferson tenho 18 anos e estou sofrendo com essa dor incomoda no peito ao respirar e espirra, não sei mais o que fazer peço que alguém mim ajude mim dizendo qual o nome real dessa duença para que eu possa dizer a minha medica, ja tinha reclamado com ela sobre essas dores mas ela mim recomendor fazer natação.. e também gostaria de saber se alguém ja teve melhora estou com muito medo que isso seja pelo resto da minha vida, se alguém conseguio se tratar me digam como por favor desde já agradeço, espero respostas emediatamente.

    • ig
    • 27 December 2013
     # 26

    olá meu nome é igor estou com estes sintomas , estava em casa de repouso dei um espirro e desde entao sinto este incomodo no peito , dói quando forço o torax em qualquer movimento , espirro tosse etc ,, ja fiz raio x e exames do coraçao mas nao deu nada , por favor alguem ai pode me ajudar ? qual medico devo procurar ?


Para responder ou participar clique aqui.
Para ver mais conversas como esta clique aqui.

 
0.0386 seg.
Creative Commons License
Todo o conteúdo do Fórum Saúde tem uma licença Creative Commons Atribuição-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Portugal

Termos de Utilização e Política de Privacidade